Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ricardinho foca ponta no Mineiro e cobra planejamento

Meia destacou a necessidade de um planejamento conjunto entre diretoria, comissão técnica e jogadores

Gazeta |

O armador Ricardinho, um dos destaques do Atlético-MG neste início de temporada, destacou que o clube vai buscar a primeira colocação do estadual de todas as formas. Para o jogador, a vantagem obtida pelo primeiro colocado na tabela pode ser decisiva na hora de definir o campeão.

"O objetivo é sempre buscar a primeira colocação, independente dos clássicos que neste primeiro momento nós já tivemos. Mas o objetivo é ser primeiro, até porque você consegue uma vantagem até o final da competição que pode ser extremamente importante em um momento decisivo. Em um dia em que a equipe acaba não conseguindo o resultado, essa vantagem se torna favorável", comentou Ricardinho.

O jogador destaca ainda que, para o Atlético-MG atingir este objetivo, é necessário um planejamento conjunto entre diretoria, comissão técnica e jogadores. Segundo ele, no futebol profissional, o atleta não pode se limitar somente a treinos e jogos, é importante ter consciência e pensar nas metas que a equipe almeja alcançar.

"Há muito tempo já não tem mais espaço para aquele atleta que só chega no clube, treina, se prepara para os jogos e depois vai embora. Hoje em dia, além da preparação para os treinos e para os jogos, você tem que estar ciente do posicionamento na tabela, do adversário, da necessidade que o clube tem, do projeto que o clube possui em relação à temporada, então quando se fala de atleta profissional é justamente este todo", esclarece o armador.

Ricardinho ainda lembra que vários atletas promissores acabaram esquecidos por não entenderem estas mudanças no futebol. "Quem não se adequa as normas e até ao dia-a-dia acaba ficando no meio do caminho. As responsabilidades existem e o atleta tem que estar ciente disso. Quando a agente fala em planejamento, é o atleta saber de tudo que acontece em volta, e da responsabilidade que ele precisa ter", concluiu.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG