Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ribéry vê Espanha, Holanda e Alemanha como favoritas na Eurocopa

Competição será disputada entre os meses de junho e julho e terá como sede a Polônia e a Ucrânia

EFE |

Getty Images
Franck Ribery, meia do Bayern de Munique
O meia Franck Ribéry apontou as seleções de Espanha, Holanda e Alemanha como as favoritas para a conquista da Eurocopa deste ano, mas afirmou que sonha alcançar o primeiro título defendendo a França no torneio que será disputado na Polônia e na Ucrânia nos meses de junho e julho.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Em entrevista publicada nesta terça-feira pela revista "France Football", na véspera do amistoso contra os alemães em Bremen, o meia do Bayern de Munique destacou também que será o último grande compromisso da França antes da Euro, que começará em 8 de junho. "Teremos que jogar bem diante de uma das melhores equipes do mundo atualmente, junto com a Espanha e a Holanda. É um bom teste para ver onde estamos", disse o jogador de 28 anos.

Leia também: 'Trocaria as Bolas de Ouro pelo título da Copa 2014", diz Messi

Vinculado ao Bayern até junho de 2015, depois de ter passado por Metz, Galatasaray e Olympique de Marselha, Ribéry revelou que poderá encerrar a carreira no clube de Munique. "Em breve terei 29 anos e um contrato que dura até junho de 2015. Por que não (encerrar a carreira em Munique)? Não penso em sair. Atualmente, minha mulher e meus filhos se sentem bem na cidade. Acabamos de comprar uma bela casa. Há cinco anos que estou aqui e tenho amigos íntimos, como Daniel van Buyten. O clube se tornou minha segunda família", comentou.

Veja também: Novo comercial da Nike tem Brasil x Brasil

Ribéry teve que superar a suspensão de três jogos imposta pela FFF (Federação Francesa de Futebol) por ter sido considerado um dos responsáveis pelo motim da seleção na última Copa do Mundo. Para piorar, depois, o atleta se viu envolvido em um caso de prostituição com a jovem Zahia Dehar. Por isso, agora tenta recuperar a popularidade perdida e seu melhor futebol.

E mais: Ozil é eleito por torcedores o melhor jogador alemão em 2011

Para isso, ele revelou vir contando com a ajuda do técnico da França, Laurent Blanc. "O treinador vem sendo formidável comigo. Sempre me apoiou. Foi várias vezes a Munique para me ver, tomando tempo para me ajudar", afirmou Ribéry, que garantiu que, mesmo com os problemas, jamais cogitou desistir da seleção. "Para um francês, não há nada melhor nem mais importante que os 'Bleus'", destacou.

Leia tudo sobre: futebol mundialfrançaespanhaalemanhaholandabayern de muniqueeuro 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG