Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Réver se mostra surpreso com a "tranquilidade" do Atlético-MG

Para zagueiro atleticano, a possibilidade de evitar o rebaixamento na 37ª rodada já é um grande feito

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

Depois de tudo o que o Atlético-MG passou no Campeonato Brasileiro, ficando até na penúltima posição ao término do primeiro turno , o zagueiro Réver não esconde que ficou um pouco surpreso com a grande reação do time neste segundo turno . No entendimento do defensor alvinegro, ter a possibilidade de chegar ao clássico sem chances de rebaixamento já é um grande feito.

Veja também: Atlético-MG se mantém distante do Z-4. Veja a classificação atualizada

“Pelo ano que a gente passou, por tudo o que aconteceu na competição, a gente chegar na penúltima rodada dependendo apenas de nossas forças, acho que a gente conquistou algo muito grande pela dificuldade que tivemos no campeonato. O jogo vai ser diferente para a gente, para sair desse rebaixamento. Sabemos que não vai ser tão fácil assim, com a equipe do Botafogo brigando para encostar no bloco da Libertadores. Temos de fazer prevalecer a força da nossa casa para conseguir a vitória”, disse o zagueiro sobre o jogo com o Botafogo .

Leia também: Tardelli visita a Cidade do Galo e aumenta possibilidade de volta

De fato a situação do Atlético-MG é bem confortável. O time mineiro tem apenas 0,25% de chance de ser rebaixado . Para que isso não ocorra, basta vencer o Botafogo. Além da vitória, a equipe de Cuca se salvar com empate e até mesmo com derrota, desde que tenha uma combinação de resultado entre as partidas dos demais concorrentes.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Pelo segundo ano consecutivo um jogo em casa, na 37ª rodada, pode selar a permanência atleticana na Série A. Se por um lado existe a alegria de evitar o rebaixamento, por outro tem o desgaste de se passar a temporada dentro da zona do rebaixamento. Segundo Réver, que está no clube desde o ano passado, a sensação é de que se passaram muito mais do que dois anos, tamanha a pressão por resultados.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

“Foram anos terríveis, dois campeonatos seguidos brigando contra o rebaixamento. Quem chegou depois, não passou por isso na carreira. Sem sombra de dúvidas quem estar aqui há dois anos é terrível, parece que vivemos dois ou três anos em dois. Espero que isso possa ter um ponto final no domingo, que ano que vem seja de títulos”.

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011Réver

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG