Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Revelação da base do clube, Welinton torce pelo título da Copinha

Zagueiro lamenta não ter disputado a competição e espera pelo fim do jejum na decisão desta terça-feira

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

O Flamengo entra em campo nesta terça-feira, às 10h, para decidir a Copa São Paulo de Futebol Júnior, contra o Bahia, no Pacaembu. Com promessas em campo, o time tem chamado a atenção do técnico Vanderlei Luxemburgo, que estará no estádio para assistir ao jogo. Entre jovens com passagens pelos profissionais e apostas do comandante, os garotos recebem o apoio de quem os conhece de perto para conquistar o título da competição, o que não acontece desde 1990.

"Os garotos estão com pensamento positivo. Eles têm muita qualidade e nós incentivamos da melhor forma. Vamos ficar na torcida. Para eles, esse título é importante, pois a maioria é de origem humilde e tem a chance de chegar ao profissional. A gente liga, deseja boa sorte e avisa para ir dentro, não dar mole e ser campeão", afirmou o zagueiro Welinton.

Aos 20 anos, o ainda jovem zagueiro titular dos profissionais não teve a chance de disputar a Copa São Paulo. Mas ele reconhece a importância da competição para o futuro da garotada, que está em busca de um futuro melhor tanto na carreira quanto para a família.

"Em 2007, o Adílio (então técnico) dividiu o time em dois e priorizou o Campeonato Carioca. Fiquei no Rio. Gostaria de ter participado da competição, pois é importante para a carreira de um jogador. Está todo mundo de olho, vários empresários acompanham e o pessoal do profissional também", comentou Welinton.

Apesar de não ter disputado, ele lembra que a pressão era grande em cima do time que viajou para São Paulo. A geração campeã de 1990 revelou jogadores como Djalminha, Júnior Baiano e Marcelinho Carioca. Agora, as principais promessas do Flamengo são Adryan, Luiz Phelipe, Negueba e Rafinha.

"Todo ano se fala muito nisso. O Flamengo não é de ficar muitos anos sem conquistar um título e todo ano manda um time competitivo, mas sempre esbarrava em algum obstáculo. Desta vez, o pessoal conseguiu chegar à final. Se for campeão, será um título importante para o clube e para os jogadores", disse Welinton, que ao lado de Egídio, que disputou a Copinha em 2005, são os únicos titulares revelados nas categorias de base do clube.

Leia tudo sobre: FlamengoCampeonato Carioca 2011Copa SP

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG