Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Reuniões com Santos e Palmeiras definem futuro de Maikon Leite

Clube da Baixada anunciou que gostaria de contar com o atacante em seu elenco, mas rival do Palestra Itália deseja a contratação do jogador

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882171694&_c_=MiGComponente_C

O responsável pelos interesses profissionais do atacante Maikon Leite terá uma semana cheia pela frente. O procurador Roberto Faustim vai se reunir nesta semana com os representantes de Santos e Palmeiras para discutir e possivelmente definir o futuro de um dos bons valores da edição 2010 do Campeonato Brasileiro.

Por enquanto, a ordem é utilizar o discurso de que Maikon Leite prioriza o retorno à Vila Belmiro. Na quarta-feira, Roberto Faustim irá participar de um encontro em que irá conhecer a real intenção do Santos em relação ao jogador. Nesta segunda-feira, a direção do clube da Baixada anunciou que gostaria de aproveitar o atacante no primeiro semestre de 2011.

No entanto, o Palmeiras está determinado e confia em um acerto com Maikon Leite, uma das prioridades da lista de reforços feitas pelo técnico Luiz Felipe Scolari. Desta forma, Roberto Faustim também agendou um encontro no fim da semana com a direção de futebol do clube do Palestra Itália.

Nos bastidores do Palmeiras, há uma grande confiança pelo acerto nos próximos dias. Porém, se as negociações não evoluírem, o time pode ser obrigado a assinar um pré-contrato para contar com o atleta somente no segundo semestre. Desta forma, ele não atuaria no Campeonato Paulista, na Copa do Brasil e no início do Brasileirão.

Da parte do representante do atleta, houve um incômodo com a postura considerada "prematura" do diretor de futebol palmeirense, Wlademir Pescarmona, que anunciou neste final de semana um acerto salarial com Maikon Leite. O contrato do atacante com o Santos é válido até o dia 23 de junho de 2011. Desta forma, não seria conveniente criar um atrito com a equipe da Baixada Santista, principalmente se houver uma decisão favorável pela transferência ao Palestra Itália.

Leia tudo sobre: mercado da bolapalmeirassantos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG