Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Reunião entre Ganso e Santos termina sem desfecho

O diretor executivo da DIS, Thiago Ferro, disse que a reunião foi positiva e novo encontro está marcado

Samir Carvalho, iG Santos |

A reunião entre o staff do meia Paulo Henrique Ganso e a diretoria do Santos terminou no início da tarde desta sexta-feira, mas não houve um desfecho entre as duas partes e uma nova reunião foi agendada para a próxima semana. No entanto, os representantes do camisa 10 acreditam que as negociações caminham para uma renovação contratual do atleta com o clube.

“A reunião foi positiva e acredito que estamos caminhando para uma renovação do Paulo Henrique (Ganso), afirmou o diretor executivo da DIS, braço esportivo do Grupo Sonda, Thiago Ferro.

A reunião começou por volta das 9h (de Brasília), e o Santos foi representado pelo dirigente Fernando Silva, dirigente responsável por quase todas as negociações referentes ao departamento de futebol, e do diretor de futebol Pedro Luís Nunes Conceição.

Como antecipou o iG na última quinta-feira, Ganso pretende receber um salário fixo e não cederá 30% dos direitos da imagem individual, já que detém 100% atualmente. Desta forma, está descarta a possibilidade do Santos convencer o atleta a aceitar um contrato equivalente ao de Neymar, que depende do clube para negociar contratos publicitários.

Já a diretoria do Santos se mostrou disposta a conceder um aumento salarial ao atleta, que chegou a dizer em entrevista coletiva no início deste ano que não foi valorizado pelo clube. Porém, os valores só serão discutidos na próxima semana.

O Santos deve conceder um aumento salarial ao atleta, mas não alterará o valor da multa rescisória de Ganso, que está avaliada em 50 milhões de euros (cerca de R$ 114 milhões) para o exterior, e R$ 66 milhões para o futebol brasileiro. A diretoria santista esperava aumentar o valor, enquanto o staff do meia pretendia diminuir o valor da multa rescisória.

O diretor de futebol do Santos, Pedro Luís Nunes Conceição, também acredita que o desfecho será positivo, mas também evitou falar sobre valores. “O que posso falar é que reunião foi boa e a gente caminha par um bom entendimento. Nesse momento é só o que posso falar. Se perguntar previsão não dá para falar. Não dá para colocar previsão. Foi uma reunião boa”, disse o dirigente.


 

Leia tudo sobre: santospaulo henrique gansostaff do Ganso

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG