Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Retranca do Palmeiras faz Corinthians prender a bola no meio

Após tomar virada, time do Parque São Jorge teve que trocar muitos passes no meio para tentar avançar

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

A forte marcação imposta pelo Palmeiras , especialmente após o gol da virada marcado aos 7 minutos do 2º tempo, fez o Corinthians embolar o jogo no meio de campo. Um exemplo é que João Vítor entrou no lugar de Marcos Assunção, que já mostrava muito cansaço. O número do Footstats, que também disponibiliza aplicativo gratuito para o iPad e iPhone , mostra que o time comandado por Tite teve 55% de sua posse de bola no setor de meio de campo, contra apenas 39% dos rivais no mesmo setor.

Outro item que evidencia que a marcação reforçada dificultou muito a criação do Corinthians é o número de passes. No geral, a equipe do Parque São Jorge trocou 278 passes certos contra 246 do Palmeiras. No 2º tempo, no entanto, a diferença é bem maior: 141 passes contra apenas 91.

null

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

Na etapa final, o Palmeiras fez 15 desarmes certos contra 13 e cometeu 19 faltas, oito a mais que os corintianos. Enquanto isso, no 1º tempo, quando a equipe de Felipão ainda precisava ir atrás do resultado, os palmeirenses fizeram apenas 11 desarmes e dez faltas, contra 21 roubadas de bola e 13 jogadas ilegais do Corinthians.

“Nosso destaque foi a solidariedade. O Kleber jogou de ponta direita, o Luan também ajudou naquela posição. O Valdivia fez uma marcação que não é normal e nem exigimos dele. Esse foi o motivo da nossa vitória”, comemorou Luiz Felipe Scolari.

Siga o Twitter do iG Corinthians e receba as notícias do seu time em tempo real

O jogador que melhor desarmou do Palmeiras foi Thiago Heleno, com seis tentativas corretas. Valdivia e Marcos Assunção, ficam logo em seguida, com quatro desarmes. Chicão, também, com seis, Ramom e Wallace com cinco formam o top 3 do Corinthians. Henrique ainda rebateu 13 bolas, e Thiago Heleno, outras nove. Chicão, o melhor corintiano neste quesito, fez dez.

Valdivia também foi o jogador que fez mais falta. Foram sete durante o jogo inteiro. Émerson foi o atleta do Corinthians que mais ouviu o apito ao tentar roubar a bola: quatro vezes.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte


 

Leia tudo sobre: palmeirascorinthiansbrasileirão 2011footstats

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG