Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Resultados negativos causam a demissão de René Simões no Barueri

Fator determinante para queda do técnico foi a derrota por 3 a 1, para o ABC, no último sábado

Gazeta |

Contratado em setembro para comandar o Grêmio Barueri em um projeto sério, como o próprio treinador tinha pontuado em sua apresentação no clube, René Simões foi surpreendido pela diretoria paulista e acabou demitido nesta segunda-feira. O motivo de sua demissão foi a série de resultados negativos que acumulou na Série B, o que deixou o time ameaçado pela zona do rebaixamento.

O fator determinante para que René saísse do comando da equipe foi a derrota por 3 a 1, para o ABC, na Arena Barueri, no último sábado. O revés deixou o clube na 13ª colocação, com 47 pontos, dois a mais que o São Caetano, que é o primeiro time a ocupar a degola. Com duas rodadas em disputa, o risco de a equipe cair para a Terceira Divisão continua presente, o que incomodou a diretoria.

Agora, os comandantes da categoria de base do clube, Ari Mantovani e Evandro Guimarães, deverão assumir interinamente o time na reta final do campeonato. O Grêmio Barueri irá enfrentar o Criciúma, no próximo sábado, no estádio Heriberto Hulse, e encerrará sua participação na Série B contra o Salgueiro, em Barueri.

O treinador que assumirá a equipe no Campeonato Paulista da Série A2 de 2012 ainda não foi especulado pela diretoria e deverá ser definido apenas quando o Brasileiro da Segunda Divisão terminar. Até o momento, nenhum nome foi especulado pelos dirigentes do clube.

Leia tudo sobre: barueriprudentesérie b 2012rené simões

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG