Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Reservas do Palmeiras também perdem para o Atlético-GO

Time goiano repete o resultado obtido no primeiro turno, no Pacaembu, e marca um novo 3 a 0

Samir Carvalho, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860283519&_c_=MiGComponente_C

O time reserva do Palmeiras perdeu para o Atlético-GO por 3 a 0, neste domingo, no Serra Dourada, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, e não conseguiu se vingar do seu algoz nesta temporada. Isso porque, os goianos eliminaram o Palmeiras nas quartas-de-final da Copa do Brasil e ainda derrotaram a equipe de Luiz Felipe Scolari por 3 a 0, no Pacaembu, no dia do aniversário de 96 anos do clube.

O Palmeiras entrou com a equipe reserva, pois apenas cumpre tabela no Brasileiro e prioriza a Copa Sul-Americana, competição na qual já está nas semifinais. Já o Atlético-GO iniciou a rodada a um ponto da zona de rebaixamento e só pensava na vitória.

Assista aos gols do jogo

Com a vitória, o Atlético-GO subiu três posições na classificação e pulou para a 13ª colocação, com 40 pontos ganhos. Já o Palmeiras permaneceu na décima colocação, com 50 pontos na competição.

Após enfrentar o Atlético-GO, o Palmeiras jogará pelo Brasileiro no próximo domingo, às 17h (de Brasília), na Fonte Luminosa, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. No entanto, o time de Felipão voltará ao Serra Dourada para enfrentar o Goiás, na próxima quarta-feira, pelas semifinais da Copa Sul-Americana.

Enquanto o Atlético-GO terá um confronto direto na briga para escapar da zona do rebaixamento, diante do Avaí, na Ressacada, pelo Brasileiro.

O jogo
A partida começou lento com as duas equipes tocando bastante a bola no meio-campo e não optando pela velocidade. Apesar do Atlético-GO precisar da vitória, diferente do adversário que entrou com o time reserva e apenas cumpre tabela no Brasileiro, foram os palmeirenses que finalizaram a gol pela primeira vez. Aos 12 minutos, o meia Luis Felipe arriscou um chute de fora da área, que Márcio espalmou para escanteio. 

Após o ataque do Palmeiras, o Atlético-GO acordou e pressionou a adversário. Em três minutos, os donos da casa criaram duas boas oportunidades de gol. Danilo recebeu passe dentro da área e chutou forte para boa defesa de Bruno. Na sequência, Renatinho cobrou escanteio e Josiel cabeceou de frente para o gol e Bruno fez uma espetacular defesa.

Porém, Bruno não conseguiu salvar o Palmeiras por muito tempo. Aos 30 minutos, Róbston cobrou escanteio e Agenor cabeceia na trave, no rebote, o Gilson cabeceia para o gol e abre o marcador. Apesar do resultado positivo na primeira etapa, o técnico Renê Simões fez uma alteração no intervalo, tirando Josiel para colocar Marcão no ataque.

Precisando da vitória para escapar da zona de rebaixamento, o Atlético-GO voltou mais ofensivo com a entrada de Marcão. No primeiro ataque no segundo tempo, os goianos abriram o marcador. Aos nove minutos, Róbston chutou de bico de fora da área e acerta o canto esquerdo do goleiro Bruno para ampliar o marcador.

Se não bastasse o resultado negativo, o Palmeiras perdeu o zagueiro Danilo, que fez falta por trás em Juninho, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Para piorar, o Atlético-GO marcou o terceiro gol na sequência. Aos 18 minutos, Marcão cruzou da direita para Robston marcar um bonito gol, batendo de primeira na bola.

Após marcar o terceiro gol, o Atlético-GO apenas valorizou a posse de bola e segurou o resultado positivo contra o Palmeiras.

FICHA TÉCNICA - ATLÉTICO-GO 3 x 0 PALMEIRAS

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia
Data: 14 de novembro de 2010, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Marrubson Melo de Freitas e Adnilson da Costa Pinheiro (ambos DF).
Renda: R$163.860.00
Público: 8.472 pagantes
Cartões amarelos: Robston e Gilson (Atlético-GO); Danilo (Palmeiras)
Cartão vermelho: Danilo (Palmeiras)

Gols:
Atlético-GO: Gilson aos 30 minutos do primeiro tempo, e Robston aos 30 minutos do primeiro tempo e aos nove minutos do segundo tempo

Atlético-GO
Márcio, Adriano, Gilson, Jairo, Thiago Feltri; Agenor, Pituca, Róbston, Renatinho (Elias); Juninho (Anailson) e Josiel (Marcão). Técnico: René Simões

Palmeiras
Bruno, Danilo, Fabrício, Leandro Amaro; Vítor, Pierre, Márcio Araújo (Jean), Patrik, Luis Felipe; Dinei (Bruno Turco) e Éwerthon (Tadeu) Técnico: Luiz Felipe Scolari

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG