Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Reservas do Grêmio empatam com Ypiranga pelo Gauchão

Resultado deixou a equipe de Porto Alegre em situação complicada no Grupo 2, com apenas dois pontos ganhos

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

O time era reserva, jovem e nunca havia atuado junto. Além das dificuldades, o Grêmio não contava com uma bomba de Mateus aos 39 minutos do segundo tempo. Resultado: empate em 1 a 1, nesta quarta-feira à noite, no Colosso da Lagoa, em Erechim.

A vitória, com gol de Junior Viçosa, parecia encaminhada até o zagueiro do Ypiranga marcar de falta. A recuperação no Gauchão ficou para sexta-feira, quando os titulares de Renato Gaúcho enfrentam o São José, às 20h30min, no Olímpico. Até porque, com dois pontos, o time de Porto Alegre é o quinto do Grupo 2 da Taça Piratini. O Ypiranga, vice-líder da Chave 1, recebe o Porto Alegre no domingo.

O jogo

Os reservas começaram dispostos a aproveitar a oportunidade – Adilson foi o único titular escalado, os demais foram poupados para a Libertadores – e a apagar a frustração do empate na estreia com o Lajeadense. Aos quatro minutos, após boa tabela entre Pessalli e Bruno Collaço, Diego Clementino perdeu a melhor chance do primeiro tempo. De cabeça, aparou cruzamento do lateral-esquerdo para fora.

Futura Press
Renato Gaúcho reclamou muito no empate contra o Ypiranga

Este lance representou a tônica da partida. O Grêmio tomando a iniciativa, e o Ypiranga apostando em contragolpes. O problema é que as duas equipes tiveram dificuldades em criar jogadas. Pessalli foi um dos poucos a se destacar neste quesito. Com bom passe, o meia participou das principais jogadas gremistas.

A tática gremista, então, deu certo no segundo tempo. Depois de perder boa chance, Pessalli, enfim, confirmou a boa atuação com uma linda assistência. Aos dez minutos, lançou Viçosa por trás da zaga adversária. O atacante apareceu livre e deslocou do goleiro Bruno: 1 a 0.

Perdendo em casa, o Ypiranga decidiu arriscar. O técnico Agenor Piccinin fez três trocas em menos de dez minutos. A equipe melhorou, porém, não conseguia entrar na área gremista. A receita, então, foi tentar de longe. Saulo quase surpreendeu Marcelo Grohe em chute cruzado.

Maylson, que entrara no lugar de Pessalli, perdeu a chance de liquidar a partida para o Grêmio ao chutar para fora diante do goleiro rival. O castigo veio aos 39. Em cobrança de falta, Mateus fez um golaço no ângulo e decretou o empate em 1 a 1.

FICHA TÉCNICA
YPIRANGA 1 X 1 GRÊMIO

Local: Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim (RS)
Data: 19 de janeiro de 2011, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva
Auxiliares: Altemir Hausmann e Julio Cesar Rodrigues dos Santos
Cartões amarelos: Baroni, Glauco (Ypiranga) e Neuton (Grêmio)

GOLS: Grêmio: Junior Viçosa, aos 10 minutos, do primeiro tempo. Ypiranga: Mateus, aos 39 minutos do segundo tempo.

YPIRANGA: Bruno Grassi; Frede (Gilvan), Glauco, Mateus; Thiago Gosling, Pansera (Silvestre), Émerson, Saulo, Baroni; Cleiton e Elcimar (Thiago Pereira). Técnico: Agenor Piccinin.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Mário Fernandes, Vilson, Neuton e Bruno Collaço; Adilson, Mateus Magro, Pessalli (Dener) e Roberson (Maylson); Diego Clementino e Junior Viçosa (Bergson). Técnico: Renato Gaúcho.

Leia tudo sobre: GrêmioYpirangaCampeonato Gaúcho 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG