Mesmo na reserva, atacante marcou quatro gols no Paulistão, enquanto titular da posição balançou as redes apenas uma vez

Alan Kardec é o vice-artilheiro do Santos no Paulistão
AE
Alan Kardec é o vice-artilheiro do Santos no Paulistão
Mesmo na reserva, o atacante Alan Kardec segue como vice-artilheiro do Santos no Campeonato Paulista , com quatro gols. O desempenho do jogador é superior ao do titular Borges , que balançou as redes apenas uma vez neste ano. Apesar disso, Kardec se mostrou solidário ao momento pelo qual o centroavante atravessa e o defendeu das críticas.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Para Alan Kardec, Borges não vive uma má fase e, em breve, irá retomar o caminho dos gols. “Não digo que ele vive um momento ruim. Penso como equipe e o mais importante é que o time está vencendo, e ele vem dando a sua parcela de contribuição. O Borges foi artilheiro no Campeonato Brasileiro do ano passado, temos que respeitá-lo. As coisas vão acontecer naturalmente”, afirmou.

Leia também:  Kardec quer nova chance e diz não ter preferência por posição

Indagado se poderia sonhar em roubar o posto de centroavante titular de Borges, em virtude da escassez de gols do centroavante titular, Kardec minimizou o seu bom início de temporada. “Tivemos oportunidades no começo do ano e da mesma maneira que eu fiz gols ele vai voltar a fazer. O Borges é uma grande pessoa, além de um jogador cuja qualidade é indiscutível. Ele é o nosso matador”, ponderou.

Titular em cinco partidas no Paulistão, Alan Kardec viu Neymar marcar seis vezes e lhe ultrapassar na artilharia da equipe no torneio. Mas essa situação não incomoda o centroavante, pelo contrário.

Veja ainda:  Dracena elogia o Santos e afirma que o time tem ambição por títulos

Mesmo tendo a chance de se aproximar de Neymar na artilharia, já que ele deve jogar e o craque santista não estará em campo diante do Guarani , nesta quarta-feira, no Brinco de Ouro da Princesa, Kardec destacou que não existe uma briga pelo posto de goleador do time na competição.

E mais:  Neymar é destaque também no mercado de ações no Brasil

“No nosso grupo não tem essa vaidade. Eu e o Neymar somos atacantes de qualidades diferentes. Ele é um velocista eu sou mais de presença de área. Fora isso, ele tem atuado mais do que eu, o que é normal, por ele ser titular absoluto da nossa equipe. Só que aqui não temos rivalidade particular. Estamos felizes porque o time está ganhando. E o Neymar, mais do que ninguém, merece esse momento pelo qual ele está passando”, encerrou. 

Ajude a aumentar a torcida virtual do Santos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.