Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Repleta de novidades, Itália enfrenta Romênia em baixa

Cristian Ledesma, nascido na Argentina, deverá ser escalado como titular no meio de campo do time italiano

EFE |

O técnico da Itália, Cesare Prandelli, montará para o amistoso desta quarta-feira contra a Romênia, na cidade austríaca de Klagenfurt, uma equipe repleta de novidades, entre elas o volante Cristian Ledesma, nascido na Argentina. O meia da Lazio deverá ser escalado como titular, assim como o seu companheiro de equipe, o meio-campista Stefano Mauri, e o volante Aquilani, da Juventus.

Outras novidades são os zagueiros Federico Balzarelli, do Palermo, Andrea Ranocchia, do Genoa e o atacante Alessandro Diamanti, do Brescia, todos, assim como Ledesma, convocados pela primeira vez.

Prandelli segue buscando seu ataque ideal, pois nos últimos jogos não pôde contar com o brasileiro naturalizado Amauri e com Mario Balotelli, do Manchester City, que estão lesionados.

Apesar dos altos e baixos após a última Copa do Mundo, a 'Azzurra' lidera o grupo C das Eliminatórias para a Eurocopa de 2012 de forma invicta, com três vitórias e um empate em quatro partidas.

Sem muita esperança e vivendo má fase, a Romênia, por sua vez, tem poucas expectativas acerca do confronto.

"Ninguém acredita em um resultado bom contra a Itália", disse o zagueiro Razvan Rat, do Shaktar Donetsk, em entrevista a uma rede de televisão, resumindo o estado de ânimo geral da equipe.

A equipe de Razvan Lucescu é a penúltima colocada do grupo D das Eliminatórias, atrás de equipes como Albânia e Belarus. Nem sequer uma potência mundial como a Itália conseguiu despertar o interesse dos torcedores romenos.

O atacante Bogdan Stancu será a peça-chave na parte ofensiva do time, já que Adrian Mutu, da Fiorentina, recupera a forma após nove meses de suspensão por consumo de substâncias proibidas.

Prováveis escalações:

Romênia: Tatarasanu; Sapunaru, Chivu, Gardos e Tamas; Tanase, Florescu, Alexa e Deac; Marica e Stancu. Técnico: Razvan Lucescu.

Itália: Viviano; Cassani, Bonucci, Ranocchia e Criscito; Aquilani, De Rossi (Ledesma) e Mauri; Rossi, Gilardino e Balotelli. Técnico: Cesare Prandelli.

Leia tudo sobre: futebol internacionalitália

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG