Jogadores dispensados pelo clube antes do Brasileiro aguardam por propostas e treinam na Toca II

Antes do início da disputa do Campeonato Brasileiro, a diretoria do Cruzeiro decidiu por “enxugar” o elenco e dispensou seis jogadores que não estavam mais nos planos para o segundo semestre . Até agora, apenas Fabrício Carioca já definiu seu destino ( acertou com o Atlético-PR ). Os outros atletas seguem treinando na Toca II enquanto as negociações não se definem.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

O meia Pedro Ken, os atacantes Reis, André Dias e Farías e o zagueiro Edcarlos aguardam uma definição do seus destinos e mantém a forma no Centro de Treinamento do Cruzeiro. A diretoria do Cruzeiro revelou que Pedro Ken tem atraído o interesse de grandes clubes do futebol brasileiro.

Pedro Ken chegou a peso de ouro ao Cruzeiro e agora aguarda por propostas de empréstimo
Vipcomm
Pedro Ken chegou a peso de ouro ao Cruzeiro e agora aguarda por propostas de empréstimo

“São quatro clubes da primeira divisão querendo o Pedro Ken. Não conseguiu mostrar um bom futebol até agora no Cruzeiro. Mas é um jogador novo, de potencial. Investimos muito nele. A expectativa é que ele dê um giro, assim como o Bernardo e o Dudu , para voltar para cá”, explicou o diretor de futebol do Cruzeiro, Dimas Fonseca. Um grupo de investidores pagou quase três milhões de reais para tirar o jogador do Coritiba no início do ano passado.

O atacante Farías, um dos jogadores com maior salário no elenco do Cruzeiro, pode voltar ao Estudiantes, da Argentina. O jogador chegou ao time mineiro vindo do Porto, de Portugal, mas pouco fez. A imprensa argentina especula um possível retorno do “Tecla” para o Estudiantes , por onde passou e foi ídolo.

O zagueiro Edcarlos chegou ao Cruzeiro no meio do ano passado emprestado pelo Cruz Azul, do México. O Cruzeiro pagou duzentos mil dólares pelo jogador e o contrato se encerra agora em junho. Se nenhum clube brasileiro manifestar interesse, o jogador volta para o México.

Já os atacantes Reis e André Dias tiveram passagem curta pelo Cruzeiro. Reis veio da Ponte Preta em um empréstimo por um ano, custando duzentos mil reais. O jogador não vingou e fez apenas um jogo. O Botafogo pode anunciar o jogador a qualquer momento. “O Reis não depende da gente, o empresário dele é que vai encontrar um novo clube para ele”, concluiu Dimas Fonseca. André Dias tinha um contrato de risco até o meio do ano e não teve seu vínculo renovado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.