Tamanho do texto

Técnico pode ir para o futebol saudita, já que foi sondado, mas ainda não se manifestou sobre o assunto

O técnico René Simões está rindo à toa com o triunfo do Bahia sobre o Figueirense , no Estádio de Pituaçu, o primeiro diante de sua torcida no Campeonato Brasileiro, por 3 a 1, no último domingo. Mas ele também tem um motivo para se preocupar: o técnico recebeu a sondagem de um grande clube do futebol saudita e ainda não falou nada sobre a possibilidade da transferência.

Enquanto isso não se resolve, no treinamento da segunda-feira, René teve os retornos do volante Diones, que é titular do meio-de-campo da equipe baiana, além do goleiro Omar, do atacante João Neto e do lateral Maranhão, todos recuperados de lesão, para o confronto diante do São Paulo, nesta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília) no Morunbi.

René ganhou mais algumas opções para escalar o time, mas mesmo assim não deve abrir mão do atacante Jobson, que teve seu mau momento reconhecido graças ao adiamento da decisão do julgamento por doping do atacante, que será realizado apenas em setembro: "Eu quero que isso acabe logo e que a resposta seja positiva, porque p Jóbson não está tendo a mesma produção de antes. Mas dá para compreender. O menino está com a cabeça a mil por causa de tudo isso", lamentou.

Caso Jobson seja obrigado a cumprir uma pena maior do que os seis meses que já cumpriu, seu contrato de empréstimo com o Bahia será automaticamente rescindo e e ele voltará a ser do Botafogo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.