Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

René pede paciência e pode mudar Bahia para enfrentar o Coritiba

Após derrota, técnico disse que o time ainda está se montando e sinalizou com mudanças no time titular

Gazeta |

Contra o Cruzeiro , o Bahia acumulou sua quarta derrota no Campeonato Brasileiro, e está na 16ª colocação do torneio nacional. Para René Simões, comandante do time baiano, após um primeiro tempo ruim, a equipe dominou o time celeste na etapa final.

"Não fizemos um bom primeiro tempo. Facilitamos para o Cruzeiro. No segundo tempo, corrigimos, diminuímos o espaço, e lamentavelmente tomamos aquele segundo gol, na escorregada de um jogador nosso. Mas depois dominamos totalmente a partida", disse René, que pede paciência.

"Temos que ter paciência. O time está se montando", ponderou o comandante, que não exclui a possibilidade de fazer mudanças na equipe. Neste domingo, entraram no decorrer da partida Lulinha, Gabriel e Ricardinho, quem René considera ter atuado bem.

"Preciso pensar [se irá mudar o time]. Acho que melhoramos com a entrada do Lulinha. O Lulinha estava em campo e a equipe passou a pressionar. A entrada do Gabriel deu mais condições, e com o Ricardinho o time também ficou bem compacto. O Ávine subiu de produção. Quando ele [Ricardinho] entrou, a equipe estava bem ajustada e ele jogou bem", completou o comandante.

Na próxima rodada, contra o Coritiba, em casa, o Bahia terá o desfalque do lateral direito Jancarlos, que recebeu o terceiro cartão amarelo. Em compensação, René terá a volta do volante Marcone, que cumpriu suspensão automática, e aguarda a regularização do volante Fabinho para usá-lo contra o time coxa-branca.

Além disso, o zagueiro Thiego e o atacante Souza, que já trabalham com bola, terão esta semana para recuperar a forma física, e podem ser novidades no próximo final de semana.

Leia tudo sobre: bahiasérie b 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG