Tamanho do texto

O treinador ainda elogiou a atuação do atacante Jobson, que estreou pelo Bahia na partida deste domingo

O Bahia não teve a estreia que esperava na volta à primeira divisão do Campeonato Brasileiro depois de sete anos disputando as divisões de acesso. O time saiu na frente no marcador, mas levou a virada do América-MG e foi derrotado por 2 a 1, em Sete Lagoas (MG).

"A gente lamenta a derrota, não existe resultado justo e injusto. Justo é quem faz gol e vence. Mas, se pegar todo o jogo, o que o Bahia fez, as oportunidades que tivemos, a gente merecia melhor sorte", disse o técnico René Simões, em entrevista à Rádio Sociedade 740 AM .

A equipe tricolor inaugurou o placar aos 21 minutos do primeiro tempo, em pênalti convertido pelo atacante Souza, mas levou dois gols na etapa complementar. Ainda assim, o treinador aprovou a estreia dos reforços, em especial do atacante Jobson, no qual deposita muita confiança.

"Gostei do Jobson. É normal que ele não aguentasse os 90 minutos, pensei até em tirá-lo de campo um pouco antes. Mas ele é perigoso, incisivo, preocupa a defesa do adversário. Só que no final, já estava sem nenhum poder de explosão, e eu tive que substituí-lo", comentou.

O Bahia volta a campo no domingo que vem, quando recebe o Flamengo, no Pituaçu.