Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Renato Gaúcho nega favoritismo do Grêmio no Gauchão

Treinador faz contagem regressiva para o título, mas classifica partidas como difíceis

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Wesley Santos/Pressdigital
Renato Gaúcho deu entrevista no Olímpico
Virou rotina nas entrevistas de Renato Gaúcho. Perguntado ou não, o treinador exalta que o Grêmio é o time mais próximo de ser campeão gaúcho. Faz uma espécie de contagem regressiva para o título. E chega a dizer que a conquista pode vir sem a necessidade de vitórias nos dois últimos jogos da Taça Farroupilha.

Tudo, então, indica favoritismo tricolor na competição? Negativo. As manifestações, alega o treinador, são para motivar os jogadores:

"O Grêmio é o mais próximo pois ganhou o primeiro turno, mas não há favoritismo. As partidas são complicadas. Mas temos a vantagem, então, porque deixar para amanhã o que pode ser feito agora?".

No sábado, diante do Cruzeiro, há a disputa da semifinal. Caso passe de fase, o Grêmio enfrenta o vencedor de Juventude e Internacional. O título da Farroupilha, aliado ao da Taça Piratini, anteciparia a conquista estadual.

"Precisamos só de dois empates. Podemos ganhar nos pênaltis, mas aí é muita emoção", completou o treinador.

Renato nega que se sentirá frustrado caso tenha de disputar a final do Gauchão:

"Trabalhamos para isso. Se não acontecer, temos outra disputa. O importante é ter a consciência tranquila. O trabalho está sendo feito".

Leia tudo sobre: grêmiocampeonato gaúcho 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG