Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Renato Gaúcho isenta Gilson e culpa apagão por derrota do Grêmio

Treinador reclamou de duas oportunidades desperdiçadas na virada do Juventude em Caxias

iG Porto Alegre |

Wesley Santos/Pressdigital
Leandro (C) fez um gol e foi elogiado pelo treinador
Até os 34 minutos do segundo tempo, o Grêmio jogava bem e administrava uma tranquila vitória sobre o Juventude. Então, Gilson tentou afastar, fez gol contra e o time de Porto Alegre entrou em colapso. Perdeu de virada aos 43 minutos do segundo tempo, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

Para o técnico Renato Gaúcho, o lateral-esquerdo não pode ser culpado pela derrota. O treinador lembrou de duas chances desperdiçadas por Leandro e Borges e do apagão da defesa como justificativas para a derrota.

“É inadmissível o que aconteceu. O futebol te dá chance de matar o jogo, mas se você não faz os gols... será punido e o Grêmio foi. Não adianta culpar ataque ou defesa. Não é correto culpar o Gilson. Todos são culpados. Uma equipe que quer ser campeã não pode dar este mole”, avaliou o treinador.

Renato considerou positiva, a ponto de fazer elogios publicamente, apenas a atuação de Leandro. Pela primeira vez, o garoto de 17 anos começou como titular. Fez um gol e foi destaque em campo.

“Ele cresce a cada jogo. Se o Grêmio tivesse vencido hoje (quarta-feira) ele estaria na capa de todos os jornais. Fico feliz por isso, mas triste pela derrota. A cada partida ele prova que está deixando de ser uma promessa”, disse o treinador.

Nesta quinta-feira, o treinador irá ao Rio de Janeiro para disputar o Mundial 4 x4 de Futevôlei. Volta no dia seguinte e treina a equipe para, no domingo, enfrentar o Veranópolis. Seis jogadores, que não enfrentaram o Juventude, serão reavaliados e têm chances de voltarem ao time.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG