Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Renato Gaúcho descarta “desespero” e vê Grêmio bem no Brasileirão

Técnico reiterou objetivo de permanecer entre os dez primeiros até estreia de reforços

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

nullO Grêmio empatou em 1 a 1 com o Vasco , a torcida vaiou no Olímpico e a ideia de se aproximar dos líderes foi por água abaixo. O técnico Renato Gaúcho, porém, disse que o clube gaúcho faz boa campanha no Brasileirão.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

“Não há motivo para desespero. O Grêmio vai bem no campeonato, aliás, muito bem. Ainda sem os reforços precisamos ficar entre os dez primeiros, e estamos. O Grêmio vai melhorar, vai ter as contratações. Disputou 15 pontos, ganhou sete. Quase 50%”, analisou o treinador.

Antes do término da quinta rodada, o Grêmio é o nono colocado . Gilberto Silva e Miralles, ainda em recuperação de forma física, demorarão um pouco a estrear. Não estarão em campo, por exemplo, contra o Botafogo no próximo final de semana.

Renato também disse que as vaias não representam o pensamento de toda a torcida – Douglas, Gabriel, Lins e Junior Viçosa foram os principais alvos.

“É lógico que às vezes o torcedor perde a cabeça com razão, mas não podemos achar que está tudo errado. Alguns torcedores vaiaram, mas pode ter certeza que 99% deles está com a gente”, disse.

Para o técnico do Grêmio, a partida foi aberta e qualquer uma das equipes poderia ter vencido. Ele voltou a reclamar da falta de experiência dos seus jogadores:

“Alguns jogadores de ataque, por exemplo, perdem lances por isto. O futebol não perdoa. Se você não marca, o futebol pune ali na frente. Isso pesou muito, principalmente ao Viçosa e o Lins, no ataque. Tem que ter calma e experiência para decidir dentro da área”.

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011renato gaúcho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG