Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Renato Gaúcho consulta jogadores sobre trocas no Grêmio

Treinador adota "democracia tricolor" às vésperas de enfrentar o São Paulo

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Wesley Santos/Pressdigital
Renato Gaúcho conversa com grupo de jogadores do Grêmio
O Grêmio que entrará em campo, neste sábado, às 18h30min, para enfrentar o São Paulo , foi pensado, porém, não decidido por Renato Gaúcho . Ao projetar mudar escalação e esquema, o treinador decidiu debater as trocas com os jogadores mais experientes do grupo. Só após a reunião, na qual prós e contras foram analisados, a equipe virou convicção.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Este exemplo de "democracia tricolor" ocorreu no treino de quinta-feira, o único tático da semana . Antes da atividade, Renato chamou os atletas mais experientes, chamados de "cascudos": Victor, Rafael Marques, Fábio Rochemback, Lúcio e Douglas. O papo, que durou cerca de dez minutos, no meio do campo, apontou a saída de Lins e entrada de Gabriel, com Mário permanecendo na lateral direita, e apenas com Junior Viçosa no ataque.

"Estamos no século 21, é importante trocar ideias. Seis cabeças pensam melhor do que uma. Alguns acham que não precisam conversar com os jogadores para se mostrar o bam-bam-bam. Eu não preciso disso. Poderia conversar com os jogadores dentro do vestiário e ninguém ficaria sabendo, porém, me garanto e faço isso no campo", analisou Renato.

O modelo de trabalho foi inspirado na experiência adquirida com Valdir Espinosa, técnico campeão do mundo em 1983 com o Grêmio de Renato como atacante. Até porque...

"Ele era diferente, afinal, na minha época era difícil um treinador conversar. É ele quem manda. Não vejo problema algum em falar com os mais 'cascudos'. De repente o treinador tem uma ideia e os jogadores pensam diferente, e alertam para um risco", opinou Renato.

Os jogadores adoram. Para o capitão Fábio Rochemback, o time só tem a ganhar:

"Ele chama e cada um coloca o que está pensando. Não é algo comum, mas é bom para todos".

Resta saber se dará resultado. Afinal, o São Paulo é o líder do Brasileirão...

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011renato gaúcho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG