Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Renato Gaúcho atribuiu saída de Carlos Alberto à direção

Treinador do Grêmio evitou assumir responsabilidade pela rescisão de contrato do meia e lamentou a decisão

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Wesley Santos/Pressdigital
Renato Gaúcho disse que tem carinho por Carlos Alberto e lamentou sua dispensa do Grêmio
O técnico Renato Gaúcho não teve participação na dispensa de Carlos Alberto do Grêmio . Na manhã desta sexta-feira, o treinador evitou assumir qualquer responsabilidade sobre a saída do jogador anunciada na quinta-feira . Disse que a decisão foi da direção.

"Quem pode falar melhor é a própria diretoria, que resolveu tomar esta decisão. É um problema deles. O que eu tinha que falar, falei. Não vejo indisciplina. Sinto por ele. Eu aprovei quando foi colocado em pauta, mas infelizmente não conseguiu dar sequência", avaliou Renato, ao lembrar as lesões musculares sofridas pelo atleta.

O treinador mostrou-se desconfortável com a insistência dos repórteres, porém, manteve a educação e respondeu todas as perguntas. Não explicou os motivos da rescisão de contrato:

"Vocês vão ficar perguntando e eu não vou responder. Foi uma decisão interna. Tem que trazer um diretor aqui e sufocá-lo como estão fazendo comigo".

Ao lembrar ter lançado o meia com 17 anos no Fluminense , Renato reiterou o carinho que tem pelo jogador – que esteve nesta manhã no Olímpico despedindo-se dos companheiros. O treinador até se mostrou triste com a situação. "Ele nunca me decepcionou. Nestes três meses de Grêmio ele nos ajudou bastante".

Leia tudo sobre: grêmiocarlos albertoRenato Gaúcho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG