Tamanho do texto

Apesar do bom desempenho ofensivo, técnico viu falhas durante a partida contra o Oriente Petrolero

nullA vitória do Grêmio sobre o Oriente Petrolero, na noite desta quinta-feira, provocou dois sentimentos em Renato Gaúcho. Primeiro, a satisfação. O técnico elogiou os jogadores pela estreia na fase de grupos da Libertadores.

“É muito difícil, mas nós conseguimos a vitória. O outro ponto positivo foi a pegada, a equipe se dedicou, se empenhou. Depois caiu um pouco, é natural por causa do placar”, analisou o treinador.

Embora não tenha revelado publicamente, Renato admitiu que a equipe cometeu erros. Este foi o segundo sentimento, a cobrança. Ele reconheceu a necessidade de melhorar para alcançar o título da competição:

“Nunca vou ficar satisfeito. Podemos melhorar em todos os sentidos para errar em cada partida menos”.

Renato também comentou o desempenho da formação ofensiva, com apenas Fábio Rochemback como volante, porém, não revelou se esta será uma realidade nos próximos jogos.

“Sou ofensivo, especialmente em casa e com a presença da torcida. Agredimos bastante. Volto a repetir. Isso não significa que vamos atuar assim em todos os jogos”, destacou