Tamanho do texto

Santista na infância, meio-campista também já teve que encarar a mãe palmeirense no Pacaembu

A vida do meia Renato, do Flamengo , não é fácil quando se trata de encarar a família no futebol. Depois de enfrentar a mãe, Valdete, torcedora do Palmeiras , terá o pai, Júlio, pela frente, fanático pelo Santos , em confronto válido pela 12 rodada do Campeonato Brasileiro, quarta-feira, na Vila Belmiro.

Entre para a Torcida Virtual do Flamengo e convide seus amigos

“Meu pai vai torcer para que eu faça um grande jogo, mas vai querer a vitória do Santos. Com minha mãe, que é palmeirense, já foi uma briga danada”, afirmou Renato. “Eu era torcedor do Santos. Joguei no Corinthians e me apaixonei. Vim para o Flamengo e amo esse clube”.

iG Flamengo no Twitter: saiba tudo sobre seu time

Renato já foi cobrado pelo pai, que lhe pediu mais uma camisa. Mas do rival. Além disso, ainda vai enfrentar a torcida contra, pois Júlio já avisou que estará na Vila Belmiro. Acostumado com essa relação dos tempos em que defendeu o Corinthians, já não se preocupa.

“Ele não escolheu de quem. Só quer mais uma. Isso porque todo ano eu dou uma para ele”, brincou Renato. “A minha ele não quer mais. Tem uma lá guardadinha”.

O Flamengo entra em campo às 21h50 para enfrentar o Santos. O time está na terceira colocação, com 21 pontos, sete a menos do que o Corinthians.