Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Renato Abreu é contra cobrança apenas sobre os experientes

Meia do Flamengo diz que clube precisa se unir nos 3 jogos finais do Brasileiro para chegar à Libertadores

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

As declarações de Vanderlei Luxemburgo responsabilizando os jogadores experientes pelos maus resultados do Flamengo nas últimas partidas do Campeonato Brasileiro não agradou o meia Renato Abreu . Ao tomar conhecimento da entrevista concedida pelo treinador após o empate em 0 a 0 com o Figueirense , na noite desta quinta-feira, no Engenhão, o meia retrucou.

Fla e Figueirense brigam por vaga na Libertadores. Veja como ficou a classificação

"Quando se perde, sobra para os cascudos. Quando se ganha, fica o crédito para os mais jovens. Isso é normal no futebol, é preciso achar um culpado, mas acho que o principal é achar uma solução", discursou o meia rubro-negro, contrário às cobranças sobre os jogadores experientes quando a corda aperta.

VEJA TAMBÉM: Luxemburgo não se ilude com atual presença do Fla no G5

Renato está na mira da torcida do Flamengo. O jogador tem sido vaiado constantemente nas últimas partidas. Nesta quarta, não foi preservado um só instante. Bastava pegar na bola. E quando foi substituído por Muralha no segundo tempo, viu um estádio inteiro pegando no seu pé. Experiente, Renato entende a pressão do torcedor. Mas é favor da divisão das cobranças.

"O Flamengo é a torcida, jogadores, e instituição. É uma corrente. O torcedor quer ver o time brigando pelo título, mas faltam três jogos, estamos na disputa pela Libertadores. É hora de a gente se fortalecer. Não podemos achar que é um momento ruim. Se pensarmos assim, podemos pôr tudo a perder".


 

Leia tudo sobre: flamengobrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG