Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Renan se irrita em treino e leva bronca de preparador de goleiros

Reserva do Corinthians não obedece exercícios e reclama de gols sofridos de falta

Bruno Winckler, iG São Paulo |

Reserva de Júlio César no Corinthians , o goleiro Renan , recém contratado ao Avaí, não gostou das atividades propostas aos goleiros do clube nas atividades desta sexta-feira no CT do Parque Ecólogico.

AE
Renan reclamou dos treinos desta sexta-feira

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

Durante exercício comandado pelo preparador de goleiros Mauri Lima no início da tarde, Renan não conseguia saltar nas bolas e foi repreendido. Lima pedia para que ele "pulasse e não corresse" nas bolas. E Renan rebatia o preparador dizendo "nunca havia esse tipo de treinamento".

Entre para a torcida virtual do Corinthians e ajude o time a assumir o topo do ranking

Após o rachão, do qual Renan participou normalmente, o goleiro se posicionou para pegar faltas cobradas por Chicão e Fábio Santos e, ao invés de pular na bola, ele corria atrás da bola, ao contrário do que havia sido recomendado pelo preparador de goleiros. E depois de sofrer alguns gols dos dois batedores, reclamou novamente.

"Hoje pode esquecer que não dá", disse Renan, antes do fim das atividades. Geraldo Delamore, auxiliar técnico Tite, ainda tentou consolar o goleiro de 20 anos. "Essa é a proposta do treino, você não ir na bola mesmo".

Após a coletiva de imprensa concedida por Tite, nesta sexta-feira, o técnico corintiano manteve a postura de não alterar o dono do gol corintiano, mesmo depois da falha de Júlio César no gol de Juninho Pernambucano, na vitória por 2 a 1 sobre o Vasco na última quarta-feira. O titular corintiano não admitiu ter falhado no gol vascaíno .

Renan ficou no banco corintiano nas partidas contra São Paulo, Bahia e Vasco.

"Pega a média dos últimos 10 jogos e veja", disse Tite, que ainda dá crédito ao titular Julio Cesar. "A concorrência é de desempenho. Ela é do Renan, do Danilo. É do Rafael quando estava. O que tem é que o Juninho é extraordinário batedor. Ele ainda vai fazer muitos gols de falta nesse Brasileiro. Felizmente pelo primeiro jogo a gente já passou", brincou o treinador.

Leia tudo sobre: corinthiansrenanbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG