Goleiro atleticano respondeu aos críticos depois do triunfo sobre o Atlético-PR, na Arena da Baixada

Um dia depois do desabafo em campo , após a vitória do Atlético-MG sobre o Atlético-PR , o goleiro Renan Ribeiro disse não estar contra a torcida do clube mineiro. Segundo o camisa 30 do time alvinegro, a resposta foi apenas ao momento que o clube passa dentro do Campeonato Brasileiro , brigando contra o rebaixamento.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Renan Ribeiro tem passado por momentos ruins na temporada 2011, depois de ser destaque em 2010
“Todo atleta sofre com pressão. Não quer pressão? Então não jogue bola, vai fazer outro esporte. A gente vinha de uma sequência de derrotas muito grande, entende a impaciência do torcedor. A gente sofre junto com eles, isso aqui é nossa vida, nosso ganha pão. Estávamos treinando forte, mas os resultados não estavam vindo”, disse Renan Ribeiro, que também assumiu o erro no clássico contra o Cruzeiro. Depois da partida contra o maior rival, o goleiro não quis dar entrevistas.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

“Não estou disputando força com a torcida. Entendo a impaciência, pois o resultado não estava vindo. É difícil sair de Belo Horizonte, ir até Sete Lagoas, apoiar o grupo e não conseguir o resultado, ainda mais diante do Cruzeiro e com falha minha. Aconteceu, errei, cabe assumir o erro”.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

Bastante criticado pela torcida do Atlético-MG por conta falhas grosseiras, como nos jogos com Atlético-GO , Internacional e Cruzeiro , Renan Ribeiro afirma que ainda tem o apoio de muitos atleticanos. No entanto, depois do clássico, o goleiro atleticano ouviu insultos e até xingamento a alguns familiares. Esse tipo de crítica que deixou Renan chateado com alguns alvinegros.

“Todos sabem a paixão que tenho por essa torcida, que todo o jogo está me apoiando. Entendo a crítica de alguns torcedores. Fico chateado com algumas críticas mais fortes, sendo que alguns falaram até da minha família. Vim da base, não tenho nada contra a torcida e hoje sou atleticano. Estava insatisfeito com as derrotas também, como eles estavam”

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.