Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Relembre casos de jogadores afastados que acabaram retornando

Caso do meia Carlos Alberto é apenas o mais recente de uma lista protagonizada por jogadores polêmicos

iG São Paulo |

Wesley Santos/Pressdigital
Carlos Alberto ficou poucos meses no Olímpico, foi embora, mas está de volta
Carlos Alberto se despediu do Grêmio , criticou a diretoria e partiu em busca de novos ares. Um mês depois... Está de volta ao Olímpico , ainda com contrato em vigência. Uma situação no mínimo embaraçosa para clube e jogador.

Situações como essa, sempre tendo como pivôs atletas e técnicos polêmicos, por vezes voltam à tona e preenchem com toques de humor o noticiário esportivo.

AE
Edmundo e Romário: dupla explosiva no Vasco
Um nome recorrente no papel de protagonista deste "A Volta Dos Que Não Foram" costumava ser o ex-atacante Edmundo. Tanto no Palmeiras (entre 1993 e 94) quanto no Vasco (clube no qual foi revelado e somou ao todo cinco passagens), o "Animal" colecionou episódios nos quais foi descartado, mas, tempos depois, acabava perdoado - embalado por seu talento e pela afinidade com as duas torcidas.

No Corinthians , Marcelinho Carioca viveu tal situação em 1998. Afastado do elenco pelo técnico Vanderlei Luxemburgo durante a disputa do Torneio Maria Quitéria, na Bahia, por conta de supostas noitadas com mulheres, o "Pé de Anjo" chegou a ficar 19 dias afastado do grupo.

Foi reintegrado após pedir desculpas publicamente, mas, pouco depois, voltou a brigar com o técnico pelo mesmo motivo: suposta visita de mulheres à concentração, desta vez em um hotel em São Paulo. Mesmo assim, foi campeão brasileiro com o Corinthians, fazendo juras de amor a Luxemburgo (com quem de fato jamais fez as pazes).

Vipcomm
Para chegar ao centésimo gol, Rogério superou confusão ocorrida em 2001
Os 28 dias de Rogério Ceni
Até mesmo o São Paulo , clube no qual crises de relacionamento raramente se tornam públicas, já vivenciou tal papelão. Caso emblemático envolveu ninguém menos do que o maior ídolo do clube para a atual geração: o goleiro Rogério Ceni .

Em 2001, Ceni pedia à diretoria um contrato melhor, acompanhado por aumento salarial. Para mostrar que estava valorizado no mercado, apresentou uma proposta do Arsenal, da Inglaterra.

Insatisfeitos com a pressão, os dirigentes insinuaram que tal proposta não era oficial. Irritado, o goleiro criticou a diretoria publicamente e acabou afastado do elenco por 28 dias. Quase deixou o Morumbi, mas acabou reintegrado.

Naquele mesmo ano de 2001, tão turbulento para o time paulista, o técnico Nelsinho Baptista afastou o meia Carlos Miguel, avisando que em breve revelaria "outras laranjas podres" do elenco. Eram o zagueiro Rogério Pinheiro e o lateral Gustavo Nery, que de fato também foram dispensados pelo treinador.

Gustavo Nery, no entanto, acabou voltando ao time titular tempos depois e só deixaria o clube em 2004.

Alexandre Vidal/Agência FotoBR
Petkovic voltou aos treinos do Flamengo nesta quinta
Envolvido com os preparativos de sua despedida festiva do futebol , o meia Petkovic , tão identificado com o Flamengo , já protagonizou idas e vindas no clube. No início de 2010, deixou o Maracanã ao ser substituído em um clássico contra o Fluminense. Os dirigentes anunciaram que o sérvio não mais defenderia o clube, mas Pet acabou reintegrado dias depois, sob as bênçãos da presidente Patrícia Amorim e constrangimento da diretoria.

Na atual temporada, a diretoria do Cruzeiro (e o técnico Cuca) tiveram de aceitar o meia Roger graças às boas atuações do clube na Copa Libertadores. Afinal, no início do ano, o meia reclamou publicamente da reserva e o técnico o colocou à disposição. Uma troca com Carlos Alberto (aquele mesmo, citado no início do text) chegou a ser costurada...

Como se vê, com alguns jogadores técnicos e dirigentes até mostram pulso firme. Mas nem tanto assim...

AE
Marcelinho Carioca agora se aventura no mundo da política

Leia tudo sobre: Brasileirão 2011Carlos AlbertoGrêmiorogério ceni

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG