Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Reinaldo admite inferioridade e vê empate de bom tamanho

Na visão de atacante, Figueirense não conseguiu imprimir seu ritmo de jogo para cima do Marcílio Dias na última quarta-feira

Gazeta Esportiva |

Na última quarta-feira, o Figueirense empatou com o Marcílio Dias por 1 a 1 e viu a Chapecoense, que somou dez pontos, (dois a mais que o time da capital) assumir a liderança do Campeonato Catarinense. Para o atacante Reinaldo, o resultado foi positivo para o Figueira, pois a equipe adversária fez mais por merecer.

"Acho que foi um jogo parelho. O Marcílio Dias marcou forte. Acho que, pelo que foi o jogo, o empate foi bom para os dois. Até porque acho que eles tiveram mais chances que a gente", admitiu o experiente atleta.

Para Reinaldo, autor de dez gols na Série B do Campeonato Brasileiro do ano passado, o Figueirense não conseguiu impor uma de suas principais qualidades, que é a posse de bola. "A gente procurou espaço, mas o Marcílio adiantou a marcação dos três zagueiros, diminuiu o campo pra gente. Não conseguimos manter a posse de bola e o forte do Figueirense é a posse de bola", justificou.

Na próxima rodada, o Figueirense tem encontro marcado com o Concórdia, equipe com apenas três pontos na tabela e que perdeu o técnico Luiz Muller, o qual pediu demissão após o revés de 6 a 3 para o Joinville.

Leia tudo sobre: FigueirenseReinaldoCatarinenseMarcílio Dias

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG