Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Reina admite sair do Liverpool e se põe à disposição do United

Atual camisa 1 em Manchester, Edwin Van der Sar anunciou que vai se aposentar assim que terminar a temporada

Gazeta Esportiva |

Após a saída do atacante Fernando Torres para o Chelsea, o goleiro espanhol José Manuel Reina pode ser o próximo a deixar o Liverpool pelo desejo de voltar a conquistar títulos. Desde a Copa da Inglaterra de 2006, o clube não levanta um troféu.

Inclusive, um possível destino do arqueiro de 28 anos é o rival Manchester United, cujo camisa 1, o holandês Edwin Van der Sar, anunciou que vai se aposentar assim que terminar a temporada.

"Van der Sar está se aposentando, e as pessoas dizem que o Manchester United está procurando um goleiro. Não posso fazer ou falar nada porque renovei o contrato ano passado, mas o que qualquer jogador quer, obviamente, é o desafio por títulos", justificou Reina. "O Liverpool sempre será um grande clube, mas temos que ser realistas. O fato é que, agora, nós não estamos no mesmo nível de Manchester United, Manchester City, Arsenal ou Chelsea".

Com 38 pontos, o time de Merseyside está em sexto no Campeonato Inglês, longe do líder United, que tem 54, mas a apenas seis pontos da quarta colocação, ocupada pelo Chelsea, que dá vaga na Copa dos Campeões da Europa do ano que vem.

Reina também comentou a transferência de seu compatriota Fernando Torres para os Blues. "Torres achou que o Chelsea ofereceu a ele uma chance melhor de ter sucesso. Eles ofereceram uma chance de brigar pela Copa dos Campeões, ou, no mínimo, jogar a competição. Eles têm chances melhores de montar um time que conquista títulos. Peço para os torcedores que relembrem os três anos de futebol que ele proporcionou e os gols que marcou. Ele custou 26, 27 milhões de euros e saiu por 58", defendeu.

Leia tudo sobre: Liverpoolinglaterrafutebol mundialreinamanchester united

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG