Tamanho do texto

Lateral já foi advertido 10 vezes com o amarelo no Brasileirão e aguarda pelo atacante para que o São Paulo tenha referência

O lateral esquerdo Juan é o atleta mais indisciplinado do Campeonato Brasileiro . Nas 23 rodadas disputadas até o momento, o jogador já levou 10 cartões amarelos e lidera a estatística negativa ao lado de Bruno Silva , do Avaí, e de Dudu , do América-MG. De acordo com o são-paulino, algumas dessas advertências foram injustas.

Juan já levou 10 cartões amarelos no Brasileiro
Vipcomm
Juan já levou 10 cartões amarelos no Brasileiro
Siga o iG São Paulo no Twitter

"Não sei porque tomo tantos cartões, queria saber também. Para mim também é um número elevado, não estou acostumado. Alguns são injustos, outros não, mas isso faz parte. Mas precisa ter mais atenção, concentrar, não levar cartões para não desfalcar o São Paulo e não correr o risco de ser expulso na partida e prejudicar a equipe", avisou o camisa 6.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

Juan comentou também a possível estreia de Luis Fabiano no próximo sábado, contra o Ceará. Apesar das chances pequemas do atacante entrar em campo, o lateral preferiu desconversar sobre o assunto. "Eu vejo ele (Luis Fabiano) fazendo trabalho na academia, não sei como está a parte de campo dele. Ele tem que jogar quando estiver se sentindo bem porque a cobrança vai ser grande. Não faço aposta", comentou.

Questionado se com a presença do camisa 9 o São Paulo se torna um dos favoritos ao título, Juan lembrou que outros times ainda têm jogadores para estrear, como no caso do arquirrival Corinthians. "Isso é relativo. O Adriano joga no Corinthians e eles viram favoritos. É claro que o Luis é acima da média, vai nos ajudar muito. Os times que vão brigar pelo título são os que estão na ponta, não deve mudar muito", disse.

Por falar em Corinthians, o jogador do São Paulo já está projetando o duelo contra o rival, que acontece na sequência do jogo contra o Ceará. "É muito complicado falar, está cedo para falar quem vai ser o campeão. É claro que quem vencer o clássico sai com moral, confiança, e isso é importante na sequência. Mas acho que, independente do resultado, nenhuma equipe vai sair como campeã ou deixar de brigar pelo título", concluiu Juan.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.