Tamanho do texto

Partida contra o São Paulo, em setembro, ainda lidera preferência do torcedor do Grêmio

A mobilização da torcida do Grêmio para reencontrar Ronaldinho Gaúcho não é só fora de campo. Desde a segunda-feira, é intensa a venda de ingressos para a partida contra o Flamengo. O último levantamento da direção indicou a comercialização de 4 mil das 19 mil entradas disponíveis para a partidas das 16h de domingo.

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Gerente de eventos do Grêmio, Arci Caetano estima que até 40 mil torcedores possam ir ao Olímpico. Por enquanto, a venda é restrita a sócios pelo site do clube. Caso sobrem bilhetes, a torcida em geral poderá adquiri-las a partir de sexta-feira.

Este número, caso seja confirmado, será o maior do clube gaúcho no Brasileirão. Até então, o jogo diante do São Paulo, em 11 de setembro , com 25.741 pessoas, lidera a preferência do torcedor.

O Grêmio, aliás, tem a sétima melhor média de pública do campeonato, com 15.874, atrás de Corinthians, São Paulo, Bahia, Flamengo, Coritiba e Botafogo. A média de renda é de R$ 301.280.

A torcida do Grêmio ainda guarda mágoa com o jogador por dois motivos. Em 2001, o atleta trocou o clube gaúcho pelo PSG. E, em janeiro, ao decidir voltar ao Brasil, preferiu o Flamengo. Faixas com a inscrição "Pilantra" são confeccionadas por um grupo de torcedores, que pretende protestar no Olímpico.

Entre para a Torcida Virtual e responda: você vai ao jogo?