Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Recurso anula decisão que liberou Oscar do São Paulo

Segundo decisão do TRT-SP, meia que está no Internacional terá que cumprir contrato com clube paulista até 2013

Paulo Passos, iG São Paulo * |

Alexandre Lops/AI Internacional
Oscar (esq.) e Dagoberto: ex-são-paulinos no Inter
O TRT-SP (Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo) acatou recurso do São Paulo contra a decisão que liberou Oscar de cumprir o contrato com o clube. Com a decisão, o meia, que está no Internacional desde 2010, terá que se reapresentar ao clube paulista e cumprir o contrato que vale até 2013.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores do São Paulo

O jogador ainda pode recorrer à decisão no TST (Tribunal Superior do Trabalho). Nesta quarta-feira, três desembargadores da 16ª Turma do TRT-SP aprovaram o recurso interposto pelo clube paulista contra o jogador.

Veja também: Casemiro deixa a marra de lado e reconquista espaço no São Paulo

Oscar deixou o Morumbi no primeiro semestre de 2010, com base numa decisão do mesmo TRT-SP, anulando o seu contrato. No mesmo ano, o meia acertou com o Internacional, clube que defende até agora.

“O que vai acontecer agora depende do acerto entre as partes. O que foi decidido é que ele tem que cumprir o contrato com o São Paulo. Agora se vai jogar no clube, se vai pagar uma multa, vamos ver ainda”, afirmou ao iG o diretor jurídico do clube Kalil Rocha Abdalla.

Leia mais: Volante Fabrício está recuperado e liberado para jogar no São Paulo

O Internacional informou que enquanto a decisão não for publicada, o clube não vai se pronunciar sobre o caso. A coordenadora do departamento jurídico do Inter, Mari Oliveira, afirmou apenas que Oscar tem condições de ser escalado na partida desta quinta-feira, contra o Juan Aurich, pela estreia na fase de grupos da Libertadores. A reportagem do iG tentou entrar em contato com o advogado do jogador, Andre Ribeiro, que não atendeu as ligações.

O São Paulo divulgou uma nota no seu site, onde informa que a Justiça restabeleceu os direitos do São Paulo sobre o atleta Oscar. Na nota, foi publicada uma foto do meia com a camisa do São Paulo.

Veja ainda: Atacante Osvaldo está regularizado e deve estrear diante do Comercial

Entenda o caso
No final de 2009, quando completou 18 anos, Oscar entrou na Justiça contra o São Paulo. O meia alegou que foi coagido pelo clube quando tinha 16 anos e que estava com salários atrasados. Segundo ele, o São Paulo o teria forçado a assinar um contrato com validade de três anos, o que é proibido pela Fifa.

No início de 2010, o TRT-SP acatou em primeiro instância o pedido de Oscar de liberá-lo do contrato. A liminar, entretanto, foi cassada dias depois.

Em junho de 2010, Oscar conseguiu vencer a batalha na Justiça com São Paulo e obteve a liberação. Depois, assinou contrato com o Internacional.

* colaboraram João Pontes e Mario André Monteiro

Leia tudo sobre: São PauloOscarInternacional

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG