Jogador do Cruzeiro cumpre etapa da fisioterapia após cirurgia no tornozelo esquerdo. Torcida está ansiosa

A previsão inicial do departamento médico do Cruzeiro era que Wallyson voltasse ao time somente em 2012. Mas a recuperação rápida do atacante e a atual fase do time no Brasileirão podem abreviar esse retorno. O jogador faz fisioterapia na Toca da Raposa II e a comissão técnica não descarta utilizar o jogador nas duas últimas rodadas do Brasileirão.

Cruzeiro é o 17º colocado no Brasileirão. Veja classificação atualizada

Wallyson está fora de combate há três meses. O jogador fraturou o tornozelo na partida contra o Internacional , no Beira-Rio, e precisou ser operado. O atacante está na fase final de fisioterapia e a previsão é que ele seja liberado para o departamento físico já na semana que vem.

Leia também: Cruzeiro admite pagar "bicho" caso jogadores evitem o rebaixamento

Wallyson deixa o gramado do Beira-Rio depois de fraturar o tornozelo
Vipcomm
Wallyson deixa o gramado do Beira-Rio depois de fraturar o tornozelo

"O Wallyson vem surpreendendo positivamente com sua recuperação. Atualmente ele já faz trabalhos e treinos funcionais no campo, com bola e sem bola. Trabalho de tiro, aceleração e desaceleração, além de corrida contínua. O objetivo desta fase é tentar otimizar os trabalhos de performance, buscando gestos esportivos. Ao final desta semana, faremos uma nova avaliação para ver como o complexo do tornozelo respondeu, para assim, liberá-lo para a preparação física", explica o fisioterapeuta do Cruzeiro, Charles Costa.

O departamento médico cruzeirense evita falar sobre um retorno ainda em 2011, mas não descarta a utilização do jogador nas duas rodadas finais do Brasileirão, contra o Ceará (no dia 27 de novembro) e Atlético-MG (no dia 4 de dezembro).

Wallyson deixa o gramado do Beira-Rio depois de fraturar o tornozelo
Vipcomm
Wallyson deixa o gramado do Beira-Rio depois de fraturar o tornozelo
Velocidade
Mesmo depois de tanto tempo parado e longe do ritmo de jogo ideal, o atacante pode ser muito útil para o Cruzeiro. O ataque cruzeirense ainda não se firmou sob o comando de Vágner Mancini e o treinador já afirmou algumas vezes que o time está sem velocidade.

"Falta velocidade, nós não temos um elenco com atletas velozes que possam dentro de campo levar vantagem em uma jogada de rapidez, isso acaba acarretando sempre um jogo muito previsível. O Cruzeiro é uma equipe hoje que toca bem a bola, mas que não tem muita infiltração. Isso em virtude de você não ter no elenco atletas que possam desenvolver essa velocidade", analisou o treinador.

E a esperança pelo retorno de Wallyson tem razão de existir. O atacante foi um dos principais nomes da campanha que encantou a todos na primeira fase da Libertadores e acabou como artilheiro do torneio continental com sete gols. Com as vendas de Thiago Ribeiro e Dudu, o jogador se tornou o único jogador de frente com velocidade, que costuma cair pelas pontas.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e comente o possível retorno de Wallyson

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.