Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Recordista na temporada, Simon diz que clássico paulista será tranquilo

Aos 45 anos, árbitro deixará carreira no final do ano. No Campeonato Brasileiro, ele foi o que mais apitou, com 20 jogos até agora

Paulo Passos, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861402734&_c_=MiGComponente_C

iPhone: iG lança aplicativo de futebol em tempo real. Baixe aqui
  • Twitter do iG Esporte: Principais notícias, fatos inusitados, vídeos e opinião
  • Tranquilo. Essa a primeira resposta de Carlos Simon ao ser perguntado sobre o clássico entre São Paulo e Corinthians no próximo domingo. Caberá ao árbitro gaúcho apitar o jogo no Morumbi. A partida será a sua 21ª neste Campeonato Brasileiro, o que o coloca como o juiz que mais trabalhou na competição.

    Fiz vários clássicos estou acostumado. É sempre bom estar em grandes jogos. Vou arrebentar a boca do balão, afirma o Simon ao iG.

    Aos 45 anos, ele fará um de seus últimos jogos na carreira. A aposentadoria está marcada para o dia 5 de dezembro, última rodada do Campeonato Brasileiro. Até lá, irá superar a marca de Arnaldo Cesar Coelho, que tem 291 jogos apitados na principal competição nacional. No domingo, ele igualará o numero.

    Me sinto bem, em boas condições para trabalhar, mas chegou a hora. São 27 anos de apito, diz. Nesse período, ele foi para três Copas do Mundo, mas também se envolveu em polêmicas.

    Vaidoso, o arbitro ressalta suas atuações e conquistas na carreira. Erros? Segundo ele, o único em um jogo importante foi o pênalti não marcado a favor do Atlético-MG contra o Botafogo, pela Copa do Brasil, em 2007." Esse eu admito que errei. Já assumi isso publicamente."

    Política

    Filiado ao PT desde 1986, Simon deve se dedicar à política no próximo ano. Recebi um convite para ser Secretário de Esportes do Governo do Estado, no Rio Grande do Sul. Mas ainda não decidi, afirma o árbitro. Bom, e tem Brasília também, completa, rindo. Segundo ele, a decisão só ocorrerá apos pendurar de vez o apito.

    Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthiansfutebolsão paulo

    Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG