Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Record diz que sem Corinthians e Flamengo desiste do Brasileiro

Emissora fez proposta de R$ 100 milhões por ano para cada clube para transmitir o torneio a partir de 2012

Paulo Passos, iG São Paulo |

Após fazer uma proposta de R$ 100 milhões para Flamengo e Corinthians, a TV Record não recebeu uma resposta dos dois clubes. A emissora, que divulgou uma nota e registrou a oferta em cartório na última quinta-feira, pretendia transmitir as partidas dos dois clubes no Campeonato Brasileiro a partir de 2012. Nesta terça-feira, o Corinthians anunciou acordo com a Rede Globo, o que deve fazer a Record abandonar a ideia de transmitir jogos do torneio.

Vippcomm
Record aposta em partidas de Corinthians e Flamengo para ganhar audiência
“Se não fecharmos com os dois (Corinthians e Flamengo), não vamos procurar outros clubes. A nossa proposta é irrecusável”, afirmou o vice-presidente comercial da Record, Walter Zagari, na segunda-feira. Assim como a Globo, a emissora desistiu de participar da concorrência do Clube dos 13, após o racha na entidade. Mais da metade dos filiados do C13 já anunciaram que irão negociar diretamente com as empresas.

Até agora, seis clubes já acertaram com a Globo: Corinthians, Goiás, Grêmio, Coritiba, Cruzeiro e Vitória. No dia 12 de março, a Rede TV! venceu a concorrência do C13. A emissora, porém, não sabe se poderá transmitir os jogos do Brasileiro.

O racha no Clube dos 13 começou em fevereiro quando foi divulgado o edital da concorrência da entidade para a transmissão do Campeonato Brasileiro no triênio 2012, 2013 e 2014. O Corinthians foi o primeiro clube a abandonar o barco. Após isso, a Rede Globo disse que não participaria da licitação do C13.

A atual detentora dos direitos havia perdido o direito à clausula de preferência. Isso garantia à empresa, igualando a proposta de um concorrente, levar o Campeonato Brasileiro. Por determinação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), a vantagem foi derrubada.

Um dia antes da concorrência do Clube dos 13, a Record também anunciou que não participaria da disputa. A emissora preferiu negociar em separado com cada clube.

"Ninguém sabe o que está vendendo", diz Record
A estratégia da empresa foi concentrar seus esforços em Corinthians e Flamengo. “Até já conversamos com outros clubes, mas esperamos a resposta desses dois”, afirmou Zagari, que admitiu ter negociado com Palmeiras, Internacional e São Paulo.

O executivo da Record informou que a empresa pretende vender sete cotas de publicidade, cada uma no valor de R$ 60 milhões líquidos, totalizando um montante de R$ 420 milhões.

“O problema é que com essa confusão, os clubes não sabem o que estão vendendo. Eles não têm certeza se poderão negociar todas as partidas”, disse Zagari. Segundo a Lei Pelé, para um jogo ser transmitida é preciso que os dois clubes envolvidos acertem com a mesma emissora.

“Sabemos que o pessoal do Jardim Botânico (se referindo à Rede Globo) já acertou com, pelo menos, 12 clubes, mas estamos na briga”, afirmou o executivo da Record. Ele acredita que o caso será definido na Justiça. “Estamos aguardando uma posição do Cade”, completou.

Leia tudo sobre: Clube dos 13FlamengoCorinthiansRecordGlobo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG