Com oito pontos de diferença entre os gigantes, o objetivo do time da capital é prolongar ao máximo a disputa

Após vencer a Copa do Rei pela primeira vez em 17 anos, com uma vitória por 1 a 0 sobre o Barcelona, no estádio Mestalla, em Valência, o Real Madrid tenta atrapalhar o rival também no Campeonato Espanhol.

Pela 33ª rodada, o técnico José Mourinho retorna à cidade para enfrentar o Valencia, às 13h (Brasília), no sábado, sem o volante Khedira, que também é dúvida para o terceiro superclássico com o Barça, da série de quatro em 18 dias, na quarta-feira, pelas semifinais da Copa dos Campeões da Europa.

O Madrid venceu as últimas três partidas contra o Valencia e perdeu apenas um dos seis confrontos anteriores. Apesar de provavelmente colocá-lo no banco a princípio, Mourinho pode usar o atacante Gonzalo Higuain, com média de um gol por jogo contra o rival do leste espanhol nos últimos quatro duelos.

A diferença entre os líderes só será diminuída se o Barcelona não vencer o Osasuna, no estádio Camp Nou, às 15h (Brasília). Mesmo desagradado pela perda da Copa do Rei, e às vésperas das semifinais da Champions League , o técnico Pep Guardiola considera que o Campeonato Espanhol é o mais importante da temporada.

" La Liga é o título que mostra mais que todos os outros e queremos vencê-lo. Se estamos oito pontos à frente do Madrid é porque merecemos. Este título mostra que somos um time", comentou.

Guardiola só não pode contar com Puyol, Abidal, Bojan e Adriano, todos machucados, e deve escalar David Villa, atacante que não marca desde fevereiro. "Não posso fazer muita coisa a não ser continuar trabalhando duro", explicou.

Veja a 33ª rodada do Campeonato Espanhol:

Sábado:
Valencia x Real Madrid
Barcelona x Osasuna

Domingo:
Atlético de Bilbao x Real Sociedad
Hércules x Deportivo La Coruña
Sporting Gijon x Espanyol
Mallorca x Getafe
Racing Santander x Málaga
Atlético de Madrid x Levante
Sevilla x Villarreal
Zaragoza x Almería

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.