Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Real vence Valencia no sufoco e mantém folga na ponta

Time de Madri só não levou o empate porque o árbitro anulou um gol do Valencia aos 44 minutos da etapa final

AE |

selo

Getty Images
O zagueiro Sergio Ramos comemora o segundo gol do Real Madrid diante do Valencia
O Real Madrid teve muito trabalho para vencer o Valencia, por 3 a 2, neste sábado fora de casa, pela 13.ª rodada do Espanhol. A equipe do técnico José Mourinho teve dois gols de vantagem em dois momentos, mas só não levou o empate porque os valencianos tiveram um gol anulado aos 44 do segundo tempo. Cristiano Ronaldo deixou o dele e chegou a 14 na vice-artilharia do campeonato, atrás apenas de Messi, que tem 15.

Confira a classificação do Campeonato Espanhol

Na classificação do Espanhol, porém, é o português que está na frente com o Real Madrid. O time madrilenho tem 31 pontos, contra 28 do Barcelona e 24 do Valencia, que pode perder a terceira posição para o seu rival caseiro Levante, que joga no domingo contra o Atlético de Madrid.

O placar foi aberto no Mestalla aos 19 minutos. Xabi Alonso bateu falta rápida para Benzema, que recebeu no meio da defesa, aproveitou a falha de marcação e fez o primeiro do Real. Só aos 26 é que os visitantes fizeram o segundo, com Sergio Ramos, de cabeça, completando cruzamento de Özil.

E aí o jogo começou a ganhar em emoção. Aos 30, Soldado pegou rebote de chute de Pablo Hernández e descontou. Quase sem ângulo, aos 34, Cristiano Ronaldo fez o terceiro do Real e deu aparente tranquilidade à equipe.

Mas o Valencia estava vivo e fez o segundo, novamente com Soldado, aproveitando falha da zaga do Real. O atacante também marcou o que seria o terceiro gol, mas o lance foi anulado por impedimento.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG