Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Real Madrid não sente falta de Cristiano Ronaldo e vence o Racing

Benzema (2) e Adebayor marcaram os gols do time da capital, que segue sete pontos atrás do líder Barcelona

Gazeta |

O Real Madrid não sentiu a ausência do atacante Cristiano Ronaldo neste domingo - o português lesionou o joelho direito na goleada por 7 a 0 sobre o Málaga. A equipe merengue contou com grande atuação do alemão Mesut Ozil e com gols de Adebayor e Benzema (2) para vencer o Racing Santander por 3 a 1, fora de casa. O sueco Kennedy descontou. 

O resultado mantém o Real a sete pontos de distância do Barcelona, líder do Campeonato Espanhol. Os comandados de José Mourinho estão na segunda colocação com 67 pontos ganhos, contra 74 dos rivais catalães. Já o Racing ocupa apenas o 13º lugar, totalizando 30.

Com o lateral esquerdo brasileiro Marcelo entre os titulares, o Real Madrid assumiu a condição de favorito na partida e pressionou o Rancing logo no início do primeiro tempo no Estádio El Sardinero. Os donos da casa não tinham o zagueiro Henrique, ex-Palmeiras, que foi expulso no empate por 1 a 1 com o Almería na rodada passada.

AFP
Francês Benzema marcou duas vezes na vitória do Real Madrid pelo Espanhol

Aos 14 minutos, Marcelo teve uma grande chance para abrir o placar para o Real. O ex-jogador do Fluminense chegou a se livrar do goleiro Toño, mas concluiu com a perna direita (ele é canhoto) e desperdiçou.O gol perdido não fez falta aos merengues. Aos 22 minutos, Ozil deu bela assistência para o togolês Adebayor, que só teve o trabalho de completar para as redes. Pouco depois, aos 27, o alemão ajeitou a bola para o francês Karim Benzema concluir na saída de Toño.

O Racing ganhou a oportunidade para reagir logo no início do segundo tempo, aos sete, quando Xabi Alonso cometeu pênalti no atacante mexicano Giovani dos Santos, revelado pelo Barcelona. Pinillos se encarregou da cobrança, e o goleiro Iker Casillas defendeu.

Mesmo assim, o Racing Santander não se abateu. Insistiu e conseguiu descontar aos 25 minutos, com gol do sueco Kennedy Bakircioglu após bom passe do argelino Lacen. Coube a Bezema conter as esperanças dos donos da casa, ao fechar o marcador a favor do Real Madrid, aos 30. No final, Adebayor ainda desperdiçou um pênalti, defendido por Toño.

Leia tudo sobre: Real MadridEspanhaFutebol Mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG