Tamanho do texto

O domínio foi total do time espanhol. Desde o primeiro momento, Marcelo e Fabio Coentrão dominaram o lado esquerdo

AP
Kaká conversa com Beckham durante o duelo entre Real Madrid e Los Angeles Galaxy
O Real Madrid estreou em seu primeiro jogo da pré-temporada com uma ampla vitória por 4 a 1 sobre o Los Angeles Galaxy neste sábado, em confronto que faz parte do World Football Challenge, competição amistosa entre times de Estados Unidos e Europa.

O domínio foi total do time espanhol. Desde o primeiro momento, Marcelo e Fabio Coentrão dominaram o lado esquerdo para dar lugar minutos depois a Kaká, o melhor da primeira etapa. O brasileiro se mostrou ágil, veloz e preciso em suas constantes investidas, e deu um magnífico passe cruzado para que José Callejón marcasse o primeiro gol. O prata da casa protagonizou ações de destaque. Teve uma das chances mais claras aos dez minutos após um passe de calcanhar de Joselu e um passe certeiro de Granero, muito solto e ativo no meio de campo. O Galaxy, muito mais rodado que o time espanhol e em plena temporada, mal levava perigo ao gol adversário, liderado por um Kaká que insistia pelo lado esquerdo e reivindicava um possível pênalti aos 18 minutos. Nem sequer as faltas de Beckham intimidaram Casillas, praticamente sem trabalho no primeiro tempo, embora o pouco perigo dos americanos quase sempre chegou de lances com bola parada.

Os minutos passavam e com eles a sensação de que contra o Real Madrid seria difícil jogar, embora o time espanhol não conseguisse concluir suas suas oportunidades. Tudo mudou aos 30 minutos com o gol de Callejón, bem definido, que nasceu nos pés de Coentrão, autêntico calcanhar de Aquiles do Galaxy. Nove minutos mais tarde, Joselu, em jogada pessoal, marcou o segundo gol depois que a bola rebateu em Beckham, que desviou a bola e enganou o goleiro Saunders.

O Galaxy reagiu no começo da segunda etapa com um jogo mais ofensivo, mas justamente quando os jogadores de Bruce Arena começavam a crer na possibilidade de diminuir o placar apareceu Cristiano Ronaldo, em jogada pessoal, para fazer o gol da noite com um potente chute de canhota, após vários dribles

O Real Madrid mudou no intervalo, mas seu estilo de jogo não mudou. Um passe de Coentrão do lado esquerdo deu origem ao quarto gol após a cabeçada do francês Karim Benzema, em poucos minutos após a aposta ofensiva de José Mourinho e a espetacularidade de Mesut Özil. Esse ímpeto propiciou que o Galaxy fizesse o gol da honra, aos 21 da etapa final, obra de Cristman, de cabeça, após rebote do goleiro Adán. O partido perdeu gás a partir desse momento. O Real Madrid moderou o jogo e se dedicou a tocar mais, enquanto o Galaxy esperava na defesa. A classe de Benzema, Xabi Alonso e Jesé arrancaram os aplausos de um público que se despediu do time espanhol com uma grande ovação.

Marcelo comemora gol do Real Madrid com companheiro
AP
Marcelo comemora gol do Real Madrid com companheiro