Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Real Madrid agita redes sociais chinesas e esgota entradas para amistosos

"Não posso acreditar que esteja tão perto de Kaká, Cristiano Ronaldo e Casillas", escreveu torcedor chinês em seu Twitter

EFE |

A chegada do Real Madrid à China provocou o esgotamento das entradas para os dois amistosos que o clube espanhol jogará no pais asiático e também o aumento do tráfego nas redes sociais graças a uma torcida que não para de crescer.

"Não temos mais entradas em bilheteria, só algumas vendidas a agências de viagens. Se as pessoas para quem distribuímos os convites (autoridades locais e membros de organizações esportivas) comparecerem, acredito que veremos o estádio cheio", confirmaram fontes do Guangzhou Evergrande, primeiro rival do Real.

EFE
Elenco do Real Madrid em treino na China, nesta segunda-feira
A situação é um reflexo fiel do que acontece em uma sociedade cada vez mais fã do futebol e de estrelas de equipes como Barcelona e Real Madrid, que já viajaram à China e criaram um grande interesse em cada uma de suas visitas. "Não posso acreditar que esteja tão perto de Kaká, Cristiano Ronaldo e Casillas, percorri mais de mil quilômetros para vê-los, mas vale a pena", afirmou Li Xiao, de 24 anos, em sua conta no Weibo, microblog mais famoso da China, onde o Twitter está censurado.

O comentário de Li é um dos milhares que no domingo inundaram esta rede social e que levaram o Huangjia Madeli (Real Madrid em chinês) a ser o terceiro tema mais comentado do dia, atrás apenas dos comentários sobre um acidente de dois trens de alta velocidade na China e dos relativos ao filme Transformers.

Mesmo com a equipe gerando grande admiração entre os torcedores chineses, são as estrelas que chamam mais atenção. O goleiro Iker Casillas é um dos mais queridos, Kaká um dos mais desejados pelo público feminino e Cristiano Ronaldo um dos mais imitados pelos fãs.

As marcas na China sabem da grande influência exercida pelos atletas, algo demonstrado no comentário de Baixue, uma usuária de 22 anos, que afirmou no Weibo que precisava comprar "imediatamente" o celular de Sergio Ramos. Outras marcas como Adidas, que veste o clube espanhol, e Jin Sangzi, que comercializa balas para tosse na China, escolheram Kaká como garoto-propaganda de seus produtos no gigante asiático.

A febre pelo Real Madrid parece que acompanhará os jogadores por todos os cantos, já que vários torcedores já se amontoaram tanto no aeroporto de Cantão como no hotel Sheraton, onde ficarão hospedados, algo que deve se repetir nas diferentes atividades programadas, sejam de caráter esportivo ou propagandista.

Leia tudo sobre: real madridespanhafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG