Time carioca já recebeu o aviso do lateral-esquerdo e prometeu não se opor à negociação

O diretor de futebol do Vasco , Rodrigo Caetano, confirmou oficialmente o desejo de Ramon em deixar o clube. E o Corinthians já se interessou. Sentindo-se insatisfeito em São Januário, o lateral esquerdo pode ser o jogador que Tite espera para, pelo menos, disputar posição com Fábio Santos.

"O Ramon nos interessa, sim. Fez ótimos campeonatos", admitiu Edu, gerente de futebol do Corinthians. "Ele está em uma lista com vários outros nomes que podem ser reforços. Até o momento, não evoluiu. Mas isso não quer dizer se o negócio vai dar certo ou não", completou.

O Vasco promete não se opor à negociação. "O Ramon nos procurou há alguns dias e manifestou seu desejo de sair. Se for o caso, seguimos a nossa vida e ele segue a dele, porque não queremos ninguém insatisfeito", informou Rodrigo Caetano.

Na prática, são poucos os detalhes a serem definidos para a transferência se concretizar. O lateral esquerdo tem seus direitos econômicos ligados ao seu empresário, Carlos Leite, e um grupo de investidores que o repassaram ao Vasco. O clube carioca, entretanto, só teria direito a receber pela rescisão do contrato.

A aparente facilidade para se desligar do Vasco é um trunfo para o Corinthians, que também cogita a contratação de Samudio, lateral esquerdo do Libertad, do Paraguai. "Em relação ao Ramon e qualquer outro nome, vemos as condições para ele sair de seu clube, questão salarial. Vamos ver até que ponto pode evoluir", afirmou Edu.

Ramon não deve nem fazer parte da delegação vascaína que viajará a São Paulo na noite desta terça-feira para enfrentar o próprio Corinthians nesta quarta-feira, no Pacaembu. O jogador tem sido reserva de Márcio Careca e atuou somente em três partidas neste Campeonato Brasileiro, estando livre para defender outra equipe na competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.