Tamanho do texto

Volante admite pressão por conquista do torneio sul-americano nunca vencido pelo Corinthians

O Corinthians começa a temporada 2012 sob a ansiedade de buscar novamente o inédito título da Copa Libertadores da América. A pressão da torcida será grande, não há como escapar, por isso o volante Ralf prega a qualificação do elenco. Já em relação ao planejamento dos adversários, a ordem é evitar um clima de preocupação.

Ralf não quer encarar a Libertadores com receio
AE
Ralf não quer encarar a Libertadores com receio
Leia também: Willian elogia 'família corintiana' e vê reforços como novos irmãos

"Não podemos falar agora do nível dos adversários, não sabemos como vão se fortalecer. Nós temos que nos qualificar, ficar preocupados com o nosso time", explica o atleta.

E mais: Jorginho acredita que negociação com o Corinthians fará bem a Guilherme

Na etapa de classificação da Libertadores, o Corinthians está no grupo 6. O Deportivo Táchira, da Venezuela, é considerado o grande azarão da chave, enquanto Nacional (Paraguai) e Cruz Azul (México) brigariam pela segunda vaga. O favoritismo total é do Corinthians, que estreia dia 15 de fevereiro, contra o Táchira, na Venezuela.

Mesmo dono de um discurso sereno, Ralf também revela um sentimento de ansiedade pela Libertadores. Ele está ciente de que a competição será a prioridade da temporada no Parque São Jorge. "A obsessão, não só da parte do torcedor como nossa, é a Libertadores, não tem jeito", comenta o atleta da seleção brasileira.