Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Raí pede calma e diz que Ceni saberá a hora certa de parar

Ex-meia diz que goleiro ainda tem condições de ajudar o São Paulo, mesmo aos 39 anos, e pede que não o pressionem a se aposentar

Gazeta |

Presença incontestável na galeria dos maiores ídolos do São Paulo, Raí entende que já foi superado por Rogério Ceni. E pede compreensão em meio à ansiedade dos torcedores pela possível aposentadoria do goleiro como profissional ao final de 2012.

Leia também: "Esse não é o fim", diz Ceni em vídeo para a torcida

"Ele é superconsciente. É uma pessoa atenta a isso e vai continuar enquanto puder manter seu nível de qualidade no gol do São Paulo. Mas com certeza vai ser o primeiro a reconhecer que precisa parar. Não vai ser mais ninguém", comentou o ex-camisa 10.

O último contato do ex-meia com o camisa 01 ocorreu na última sexta-feira, no CCT da Barra Funda, durante a apresentação do uniforme do clube para este ano. Naquele momento, Rogério Ceni estava com dores diminuídas, mas ciente de que a lesão no ombro direito poderia fazê-lo passar por cirurgia.

E ainda: Mesmo com cirurgia, São Paulo quer renovar com Rogério Ceni

A operação só deve ocorrer nesta sexta-feira, mas, já na conversa que teve com o goleiro, Raí sentiu que ainda é possível ao torcedor continuar vendo o ídolo na meta nos próximos meses.

"O Rogério tem capacidade e condições de jogar. Tem 39 anos, mas é goleiro, sempre se cuidou. E tem experiência em seu posicionamento", enalteceu o ex-meio-campista, que se aposentou em 2000 com a camisa tricolor, aos 35 anos, menos de dois anos depois de passar por cirurgia no joelho esquerdo.

 

Leia tudo sobre: são paulocampeonato paulista 2012rogério ceniraí

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG