"A meta é ganhar tudo o que for possível", disse o goleiro do Santos sobre as expectativas para 2011

O goleiro Rafael acredita que o ano de 2011 será especial para o Santos. A possibilidade de ganhar a Copa Libertadores da América traz empolgação a todos na Vila Belmiro. Mas o arqueiro segue um discurso ainda mais ousado e fala sobre o desejo de buscar todos os títulos do ano.

"A partir do Campeonato Paulista, queremos ir bem em todas as competições, a meta é ganhar tudo o que for possível. Em 2010, já queríamos ter vencido tudo, mas não foi possível no Brasileiro", lastima a revelação do Peixe. "Claro que queremos principalmente a Libertadores, pois faz tempo que o clube não ganha", emenda.

Principalmente para encerrar com o jejum de quase cinco décadas no torneio sul-americano, o Santos investiu novamente em um reforço de peso. O competente Elano foi contratado junto ao Galatasaray, da Turquia, para se juntar a Neymar e Paulo Henrique Ganso.

"Nossa perspectiva é a melhor possível, há outros atletas que o Santos deve estar negociando que a imprensa ainda não sabe, nossa equipe é forte", confia Rafael.

Apesar de todo o potencial do grupo santista, Rafael evita, contudo, contar vantagem ao analisar os concorrentes. Na Libertadores, o goleiro mantém o respeito principalmente aos rivais brasileiros - Fluminense, Cruzeiro, Corinthians, Grêmio e Internacional.

"No papel, algumas pessoas podem achar nosso time mais forte, mas outros clubes vão formar grandes equipes. Temos de pensar em nosso trabalho. Não adianta ter grandes nomes e as coisas não andarem em campo", alerta Rafael.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.