Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Rafael nega "troco" e lamenta desfalques de Santos e Flamengo

Goleiro santista não vê duelo contra cariocas no Engenhão como revanche do primeiro turno

Gazeta |

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro, no dia 27 de julho, Santos e Flamengo deram show em campo, com muitos gols e grandes jogadas de Neymar e Ronaldinho Gaúcho, respectivamente. Naquela ocasião, os rubro-negros saíram da Vila Belmiro com a vitória por 5 a 4. Agora, os dois times se reencontram. E, segundo o goleiro Rafael, o time santista não vê o duelo contra o Fla, domingo, no Engenhão, como uma revanche.

"Não vejo nada disso. Não tem 'troco'. Temos que vencer para pontuar e não ter mais riscos matemáticos de rebaixamento. Nunca falamos disso (rebaixamento) aqui dentro, mas temos 41 pontos e com mais duas vitórias alcançamos a pontuação necessária para livrar qualquer preocupação quanto a isso. Até porque, depois, temos que começar a pensar 100% no Mundial de clubes", disse o camisa 1 alvinegro, relembrando que não foi fácil assimilar a derrota no primeiro turno.

LEIA TAMBÉM: Neymar exige megassalário para ficar no Santos e irrita Real

"No dia seguinte a partida foi complicado, porque só se falava nisso e dava mais raiva ainda por ter perdido. A gente sofreu cinco gols, então, para o pessoal da defesa e para mim foi terrível. Nunca havia tomado tantos gols em um único jogo na minha vida e estava torcendo para ter outra partida assim, para todo mundo esquecer logo o que aconteceu. Mas não é fácil. Talvez só tenha um jogo assim daqui há 15 anos", comentou Rafael.

Indagado sobre a expectativa para o novo encontro com o Flamengo, o goleiro do Santos apenas lamentou que as duas equipes não possam medir forças com todos os seus melhores jogadores em campo.

Se do lado santista, Elano e Paulo Henrique Ganso estão contundidos e Borges suspenso, pelo terceiro cartão amarelo, o Rubro-Negro irá sofrer com a ausência das suas principais estrelas: Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves. Os dois, a exemplo de Borges, não poderão jogar, pois foram advertidos com o terceiro amarelo na vitória flamenguista sobre o Ceará, no último domingo, no Presidente Vargas.

Apesar de acreditar em um grande jogo, Rafael destacou que gostaria de ver os dois times se enfrentarem com o que têm de melhor. "Será uma partida bonita, só que os desfalques tiram um pouco do brilho do encontro. Grandes atletas não vão jogar, então, é complicado dizer quem perde mais. Eu queria que estivesse todo mundo em campo, pois isso valorizaria muito mais a nossa vitória. Se ganharmos, vão fizer que o Flamengo estava desfalcado. Por esse motivo, eu preferia que todo mundo estivesse à disposição", finalizou.

Leia tudo sobre: santosbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG