Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Rafael Moura comemora artilharia, mas evita falar em título

Penso pela minha integridade física e dos meus companheiros, tomara que não aconteça nada de ruim, disse o goleador do Goiás sobre a partida de volta, na Argentina

Gazeta Esportiva |

Rafael Moura chegou aos sete gols e praticamente assegurou a artilharia isolada da Copa Sul-Americana. Um dos líderes do time do Goiás, o "He-Man" vibrou com a conquista pessoal, mas tentou manter a cautela quanto a uma possível conquista na próxima quarta-feira, quando a equipe volta a enfrentar o Independiente, em Avellaneda.

"A artilharia é muito boa para minha carreira, uma valorização, mas é um objetivo pessoal. Estou muito feliz por ter concretizado, mas quero conversar com meus companheiros e dizer que demos um passo muito grande para o título, mas temos que manter o pezinho no chão".

O jogador falou ainda sobre a recepção dos torcedores argentinos no Estádio Libertadores da América, na próxima semana. "Penso pela minha integridade física e dos meus companheiros, tomara que não aconteça nada de ruim. Sabemos que no passado já aconteceram vários episódios, mas hoje há uma segurança muito grande. Tomara que não aconteça nada, mas temos nossos meios de se defender".

Para conquistar o título, basta que o Goiás segure o empate na casa do adversário ou até perca por um gol de diferença. Derrota por dois gols leva a decisão para a prorrogação e, depois, para os pênaltis.

Leia tudo sobre: copa sul-americanagoiás

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG