Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Rafael Moura brilha e Fluminense vence o Cruzeiro no Engenhão

Substituto de Fred marca os dois gols da vitória de 2 a 1 sobre o campeão mineiro

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

null

Se Fred desperdiçou a chance dada por Mano Menezes no empate sem gols e sem graça da seleção brasileira , contra a Holanda, em Goiânia, Rafael Moura aproveitou e bem a sua oportunidade no Fluminense e brilhou diante do Cruzeiro . Com dois gols de raro oportunismo, o substituo do capitão tricolor deu a vitória ao time carioca sobre o time mineiro, por 2 a 1, neste sábado, no Engenhão, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Anselmo Ramon descontou para o adversário.

Com o resultado positivo o Fluminense soma seis pontos e subiu para a sexta colocação; Já o Cruzeiro, com a segunda derrota em três jogos, continua com apenas um na décima colocação.

Photocamera
Rafael Moura foi o herói da vitória do Fluminense sobre o Cruzeiro, no Engenhão
O jogo
Depois de um começo equilibrado e com as duas equipes marcando forte, o Fluminense começou a tomar conta do jogo. E a primeira oportunidade veio aos 12 minutos. Rafael Moura recebeu de Mariano na intermediária e arriscou de longe, a bola resvalou na zaga do Cruzeiro e foi para escanteio. Na cobrança de Conca, Gum cabeceou com perigo e quase abre o placar.

Aos 16, novamente o Fluminense teve boa chance para marcar. Deco recebeu bom passe de Rafael Moura e tocou em profundidade para Rodriguinho, mas o goleiro Rafael foi mais rápido e saiu nos pés do atacante tricolor.

Aos 19, o Cruzeiro deu o troco. Thiago Ribeiro aproveitou uma bobeada de Edinho e chutou rasteiro, Ricardo Berna espalmou para dentro da área, mas o árbitro Andre Luis de Freitas Castro marcou impedido de Wallyson.

O Fluminense chegou com perigo novamente aos 30. Deco recebeu de Mariano na entrada da área, driblou Leandro Guerreiro e chutou rasteiro à esquerda da trave do goleiro Rafael.

Quando tudo parecia que nada mais aconteceria no primeiro tempo, o Fluminense achou um gol aos 45 minutos. Júlio César recebeu falta de Vitor pela esquerda, que Deco bateu na cabeça de Rafael Moura, que só teve o trabalho de desviar para abrir o marcador.

Em desvantagem no placar, Cuca foi ousado e voltou do intervalo com o atacante Brandão no lugar de Everton, deslocando Gilberto para a lateral esquerda e Anselmo Ramon no lugar de Thiago Ribeiro.

Mas foi o Fluminense que teve a primeira chance de gol. Com menos de um minuto, Deco achou Conca livre na meia lua da área, mas o argentino chutou fraco e Rafael colocou para escanteio.

Junto com a chuva, o jogo esfriou até que, aos 21, numa bola infantilmente perdida por Deco, o Cruzeiro empatou. Gilberto tocou na direita para Wallyson que cruzou para o meio da área e Anselmo Ramon completou para deixar tudo igual.

Mas a resposta do Fluminense veio quatro minutos depois. Leandro Euzébio achou Valencia livre na intermediária, o colombiano deu passe açucarado para Rafael Moura chutar na saída do seu xará e recolocar o campeão brasileiro em vantagem.

O Cruzeiro teve ótima chance de empatar novamente aos 28. Anselmo Ramon recebeu falta na estrada da área, mas Montillo cobrou mal, sem perigo para o goleiro Ricardo Berna.
O time mineiro ainda ameaçou uma pressão meio desordenada no fim do jogo, mas o Fluminense usou o bom toque de bola de Deco e Conca, que fizeram ótima partida.

Photocamera
A chuva deu as caras no Engenhão e deixou o duelo ainda mais equilibrado

FICHA TÉCNICA – FLUMINENSE 2 X 1 CRUZEIRO

Local: Estádio Engenhão (RJ)
Data: 4 de junho de 2011, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: André Luis de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Fábio Pereira (TO)
Cartão Amarelo: Mariano (FLU)

Gols:

FLUMINENSE: Rafael Moura, aos 45 minutos do primeiro tempo, e, aos 25 do segundo
CRUZEIRO: Anselmo Ramon, aos 21 do segundo tempo

FLUMINENSE: Ricardo Berna; Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Julio Cesar;
Edinho, Valencia, Deco e Conca (Souza); Rodriguinho (Araújo) e Rafael Moura (Marquinho).
Técnico: Leomir (interino)

CRUZEIRO: Rafael; Vitor (Pablo), Gil, Victorino e Everton (Brandão); Leandro Guerreiro, Marquinhos Paraná, Gilberto e Montillo; Wallyson e Thiago Ribeiro (Anselmo Ramom).
Técnico: Cuca

Leia tudo sobre: FluminenseCruzeiroBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG