Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Racing Santander, da Espanha, decreta falência e pede proteção

Magnata indiano comprou o clube, mas não conseguiu pagar todas as dívidas acumuladas

AE |

O Racing Santander entrou nesta sexta-feira com pedido de proteção contra credores sob a lei de falências espanhol. O presidente Francisco Pernia disse que o clube deve mais de 33 milhões de euros (R$ 73,5 milhões).

"Para evitar maiores danos, como sermos rebaixados, temos que entrar com pedido de proteção contra falência", disse. Na temporada passada, o magnata indiano Ahsan Ali Syed comprou o clube e pagou as suas dívidas imediatas. Mas o seu aporte não foi suficiente para evitar a falência do clube da elite espanhola.

"[O clube] Não pode parar de procurar um grande acionista, porque, como já dissemos por quatro anos, o Racing precisa de um empresário por trás para comandá-lo", afirmou Pernía. O Racing Santander é a sétima equipe de primeira divisão espanhola a pedir ajuda sob a lei de falência.

EFE
O Racing acertou recentemente com o técnico argentino Héctor Cuper. Resta saber se vai continuar na ativa

Leia tudo sobre: Futebol MundialEspanhaRacing SantanderFalência

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG