Em 12 anos, atacante esteve em 4 Copas, bateu recorde de gols e viveu momentos conturbados com o Brasil

O último ato da história de Ronaldo na seleção brasileira acontece nesta terça-feira em São Paulo. O atacante será homenageado durante o amistoso contra a Romênia no Pacaembu . Jogará 15 minutos pela última vez com a camisa verde-amarela.

O tempo, limitado pelo corpo de Ronaldo , que admite já não agüentar mais do que isso, é pouco para representar a sua passagem pela seleção. Foram 12 anos, quatro Mundiais, mais de cem partidas oficiais e 67 gols. Quinze em Copas do Mundo.

Números que revelam a grandeza do atacante, mas não dizem tudo. Durante mais de uma década, Ronaldo foi o jogador mais midiático da seleção brasileira. Sempre o mais visado nas vitórias e nas derrotas.

Precoce

Ronaldo comemora título do Mundial de 1994 nos Estados Unidos
Getty Images
Ronaldo comemora título do Mundial de 1994 nos Estados Unidos
Na primeira vez na seleção, Ronaldo foi coadjuvante. Ofuscado por Romário, o então garoto de 17 anos esteve na Copa do Mundo de 1994, mas não jogou. Mesmo assim festejou o tetracampeonato mundial.

Em 1996, Ronaldo disputou as Olimpíadas de Atlanta com a seleção brasileira
Getty Images
Em 1996, Ronaldo disputou as Olimpíadas de Atlanta com a seleção brasileira
Ronaldo garantiu a vaga para a Copa no último jogo da seleção no Brasil antes do embarque para os Estados Unidos. Contra a Islândia, em Florianópolis, marcou um gol e convenceu o técnico Carlos Alberto Parreira.

Ouro perdido
O único título que a seleção brasileira ainda não conquistou escapou das mãos de Ronaldo. Em 1996, já como principal estrela da seleção, o atacante esteve em Atlanta para disputar as Olimpíadas.
Sem Romário, mas com um time que tinha Rivaldo, Bebeto e Roberto Carlos, o Brasil perdeu para a Nigéria nas semifinais e ficou com o bronze.
Durante o torneio, Ronaldo acertou sua ida para o Barcelona, onde ficou apenas uma temporada, mas bateu recordes de artilharia.

Amarelo
Já com o prêmio de melhor do mundo da Fifa, fenômeno no campo e no marketing, Ronaldo e o Brasil começaram a Copa de 98 como favoritos. A seleção chegou até a final contra a França. Horas antes do jogo, Ronaldo viveu o seu maior drama com a seleção.

O jogador teve uma convulsão na manhã daquele domingo , dia 12 de julho. Após passar por exames foi liberado para o jogo, mas pouco fez em campo. O Brasil perdeu por 3 a 0 e, até hoje, ninguém sabe explicar o que aconteceu com Ronaldo.

Ronaldo após a derrota na final de 1998 contra a França
AE
Ronaldo após a derrota na final de 1998 contra a França


Volta por cima
Após quase dois anos sem jogar, Ronaldo começa a Copa como incógnita. O Fenômeno havia caído duas vezes. Primeiro teve uma grave lesão no joelho. Em 2000, no jogo que marca sua volta aos gramados com a Inter, sofre uma ruptura no tendão patelar do joelho direito.

Em 2002, foi melhor do mundo, venceu e foi artilheiro da Copa
AE
Em 2002, foi melhor do mundo, venceu e foi artilheiro da Copa
Recém-recuperado das lesões, é chamado por Luiz Felipe Scolari para o Mundial. O técnico apostou no atacante e o escalou como titular desde o início do torneio.

Dentro de campo, ele resolveu, marcou oito vezes, igualou o recorde de Pelé (com 12 gols em Copas) e ajudou o Brasil a vencer o quinto título mundial. Na final contra a Alemanha fez dois gols no jogo que simbolizou sua volta por cima no futebol

Recorde de gols e quilos

Na Copa do Mundo de 2006 o peso de Ronaldo começou a ser questionado
Getty Images
Na Copa do Mundo de 2006 o peso de Ronaldo começou a ser questionado
Noventa e oito quilos. Esse foi o peso que Ronaldo se apresentou para disputar a Copa do Mundo da Alemanha, segundo o próprio presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ricardo Teixeira.

Apesar dos excessos, Ronaldo conseguiu marcar três gols na Copa e entrar para a história como o maior artilheiro do principal torneio de futebol. Em quatro Mundiais, ele fez 15 gols.

As marcas não foram suficientes para o time ir bem. Acabou eliminado para a França nas quartas de final e marcou o fim de uma era na seleção.

Retrospecto de Ronaldo na seleção:

Gerando gráfico...
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.