Se for para o estádio, tem de torcer para o Palmeiras , diz Felipão sobre sua torcida - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Se for para o estádio, tem de torcer para o Palmeiras, diz Felipão sobre sua torcida

Treinador diz que não gostaria de ver palmeirenses gritando em nome do Fluminense no jogo de domingo

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Apesar do excelente humor na entrevista nesta segunda-feira, Felipão não admitiu ver sua própria torcida torcendo contra o seu time. O treinador afirmou que quem for para a Arena Barueri para assistir ao jogo entre Palmeiras e Fluminense precisará ir para incentivar os que vestirem o uniforme verde.

"Nossa torcida, nesse provável jogo de domingo, precisa torcer para o Palmeiras. Se for para o estádio, tem de torcer para o Palmeiras. O time joga para fazer a sua torcida feliz. Se jogar bem, vão aplaudir, se jogar mal, vão vaiar normalmente", disse Felipão, que não mostrou preocupação com as manifestações de internet pedindo para o time entregar o jogo para o Fluminense. "A internet aceita tudo".

A polêmica de entregar o jogo neste ano começou quando a torcida são-paulina fez várias correntes via internet pedindo que seus jogadores entregasse o jogo para o Fluminense para dificultar a vida do rival Corinthians na briga pelo título. No domingo, a manifestação ganhou força quando os mais de 14 mil torcedores presentes em Barueri se uniram e aplaudiram gols do time carioca independente do seu time de coração.

Para Felipão, essa situação só aconteceu, pois São Paulo e Fluminense possuem torcidas amigas.

"A gente tem de entender que certas torcidas têm mais identificação uma com as outras. A do São Paulo e a do Fluminense já tem certa amizade e se manifestaram juntas. Mas a do Palmeiras e a do Atlético-MG também são amigas. Eles têm uma identificação", explicou o treinador.

Inicialmente, o Palmeiras receberia o Fluminense em Araraquara por causa da suspensão do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). A pedido de Felipão, no entanto, o jogo de domingo acontece no mesmo palco onde são-paulinos e corintianos se uniram para xingar e "secar" o Corinthians.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolpalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG